Biografia

Felicidade e saudade

O que eu poderia dizer a alguém que me encanta tanto que às vezes, ao pensar nela, descubro que se me faltar oxigênio eu sobreviveria, mas que não resistiria a um segundo sem a sua alegria?

E o que eu faria para recompensar toda a vida que me vem dela e que dá me força para sobreviver à maior de todas as torturas, que é a saudade dela própria?

E o que fazer para negar tanta admiração, orgulho, vaidade e honra por ter uma filha tão maravilhosamente linda, cativante, generosa e humana, líder nata, corajosa, independente e mais que tudo amiga?

Nada posso fazer, além de ser feliz e apresentá-la ao mundo como um presente de Deus, razão para acreditar que Ele existe.

Um beijo, minha negunfa Alice.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s