Herzem Gusmão diz que nunca abriu mão da candidatura, mas quer unidade

Posted on sexta-feira, 25 setembro 2015

3


Em resposta a artigo do blog que comenta sobre uma aparente dúvida quanto à candidatura dele a prefeito de Vitória da Conquista, o radialista e deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) enviou mensagem dizendo que nunca pensou em retirar o nome e assegura que é pré-candidato a prefeito de Vitória da Conquista, cargo que disputou em 2012, quando obteve 70.760 votos no segundo turno, vencido pelo prefeito Guilherme Menezes (PT)

O blog mencionou fala do próprio Herzem manifestando vontade de completar o mandato na Assembleia Legislativa (leia aqui) e declarações a blogs em que admite que poderia tirar o nome da disputa em favor da unidade da oposição ao governo petista.  Segundo ele, o que tem feito é a defesa da unidade de todas as forças contrárias ao PT local e que ao dizer que poderia abrir mão o fez por considerar que não pode ter uma postura egoísta e se autodefinir como único candidato: “Tenho a humildade de saber que uma vitória eleitoral não se faz sozinho, nem tampouco com imposição”.

Herzém comemora apoio dos irmãos Vieira Lima.

Herzem comemora apoio dos irmãos Vieira Lima.

Herzém lembrou que logo após a publicação do artigo os principais dirigentes do PMDB da Bahia, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, fizeram questão de reafirmar o apoio dos dois e do partido ao projeto de colocá-lo na Prefeitura de Conquista, a partir de 2017. Geddel e Lúcio garantiram a Herzem estrutura para a campanha. Por recomendação dos dois próceres peemedebistas, a Ideia 3, agência de propaganda ligada ao partido e com muitas campanhas eleitorais vitoriosas, já está se preparando para entrar em campo em favor do radialista, que terá como principal adversário o candidato do PT, que ninguém sabe quem será, embora as pesquisas e as conversas na cidade apontem o também deputado estadual José Raimundo como o mais forte.

Apesar de ainda faltarem mais de nove meses (segundo as mudanças aprovadas pelo Congresso Nacional) para o começo da campanha e pouco mais de um ano para a eleição, o cenário eleitoral em Conquista parece se afunilar com os três deputados como candidatos a prefeito, mas ainda há largas chances de entrarem na disputa Marcelo Melo (DEM) e Arlindo Rebouças (PROS). A professora Nayana Gusmão, do PTdoB, também diz que permanece pré-candidata e tem chance de ser mais um nome na urna em 2 de outubro de 2016.