Anúncios
Itabuna Política e Governos Política Itabunense Prefeitura de Itabuna

Vane não recebe carta de demissão e Eric admite ficar

A semana política de Itabuna teria, nesta sexta-feira, um evento de peso: a coletiva de imprensa em que o secretário municipal de Saúde, Eric Ettinger, anunciaria a sua saída do governo, que já teria sido comunicada ao prefeito Claudevane Leite e só faltaria oficializar com a entrega da carta de demissão, prevista para uma reunião após a coletiva.
Acontece que a coletiva, à qual não compareci e dela sei pelo que li nos blogs e ouvi pelo aplicativo da rádio Difusora, foi uma espécie de prestação de contas do secretário, que falou de realizações e dificuldades, inclusive com a imprensa, mas não confirmou a demissão. O prefeito também não falou mais sobre o assunto. A coletiva foi comentada nas redes sociais e em grupos de whatsapp, todo mundo sem saber, afinal, o que ocorreu. Eric desistiu de sair? O prefeito o convenceu a ficar e a fazer aquilo que o secretário disse que preferia sair a fazer?
No início da tarde eu consegui contato com Eric Ettinger, que almoçava na churrascaria Los Pampas, e ele me falou que não saiu porque o prefeito não pôde se reunir com ele depois da coletiva, quando entregaria a carta de demissão. Fonte do governo me disse que o prefeito ainda tem esperança de que o secretário desista de sair. O adiamento da demissão de Eric não teria a ver com indecisão do médico Paulo Bicalho, atual dirigente do Hospital de Base. Paulo já teria aceitado a missão. Vane é que não quer mexer no time agora.
O prefeito é um dos maiores entusiastas da gestão de Bicalho no HBLEM, cujos resultados são muito comemorados por ele, que considera o trabalho feito no hospital como um dos pontos fortes do seu governo. Vane teme que, saindo Paulo Bicalho, haja uma descontinuidade. Assim como considera que Eric Ettinger faz bem seu trabalho na SMS, que, na opinião do prefeito, melhorou muito, superando o trabalho dos dois secretários anteriores. Também não é um bom histórico bater o recorde de quatro secretários em uma mesma pasta em menos de três anos.
Segundo Eric, apesar de decidido e com a carta de demissão pronta e assinada, ele ainda teria uma conversa final com o prefeito hoje, quando um ainda tentaria convencer o outro dos seus pontos de vista quanto à tal questão delicada que nenhum dos dois contou a imprensa qual é. Mas, o prefeito estava com viagem programada para esta tarde e não deu certo a reunião, que ficou para o dia 3 de novembro, quando Vane retorna da viagem.
O secretário de Saúde de Itabuna admite que pode ficar. “Posso ficar, se ele aceitar as ponderações técnicas. No dia 3, voltaremos a nos reunir, quando será decidida a minha permanência ou não. O prefeito sabe que não abro mão das minhas convicções, mas também sei que não posso causar um transtorno à administração. Se ele não pôde conversar hoje, falaremos no dia 3 e até lá eu continuarei a dar minha contribuição, com a mesma dedicação”, pontificou Eric Ettinger.

Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

0 comentário em “Vane não recebe carta de demissão e Eric admite ficar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: