Professora esfaqueada por ex-marido se recupera e posta mensagem de fé no Facebook

Posted on segunda-feira, 11 janeiro 2016

0


 

1465234_813140852129234_1962593111421479408_n

Marília Alencar, em foto postada no perfil do Facebook dela no dia 1º de janeiro.

O primeiro sábado de 2016 da professora Marília Alencar Silva foi de dor. Enquanto a maioria das pessoas estava ainda desejando feliz ano novo umas às outras e comemorando a chegada de um novo tempo, no dia 2 de janeiro ela era barbaramente esfaqueada em sua casa e, segundo já foi apurado, justamente por uma pessoa com quem ela se relacionou por dez anos, com quem se casou em 2012 e estava separada há cerca de um ano. Marília foi mais uma das milhares de mulheres brasileiras que são agredidas e violentadas diariamente, a maioria por seus companheiros.

Socorrida pelo Samu 192, a professora chegou ao hospital entre a vida e a morte. Enquanto ela era submetida a cirurgias, o acusado da tentativa de assassinato fugia. No mesmo dia, chegou a capotar o carro, o táxi no qual trabalhava, quando tentava sair da cidade pela BR 116, segundo a imprensa noticiou.
Uma semana depois, livre do risco de morte, já se recuperando das perfurações no abdômen, Marília recebeu alta do hospital e postou uma mensagem em seu perfil de Facebook, reproduzida pelo Blog do Anderson. No texto, postado às três da tarde do domingo, a professora passa uma mensagem de fé e esperança e, otimista, diz: voltei!. Pelo que escreveu, ela traz um dado novo em relação à violência que sofreu: ao invés de sete, teriam sido nove facadas.
Já o seu ex-companheiro, o taxista William Peterson Silva, que ainda mantém em seu perfil de Facebook o status de relacionamento de casado, com várias fotos de Marília (ela também tem fotos dos dois em seu perfil) – apesar de estarem separados há um ano, ele em outro relacionamento, inclusive com filho, segundo a delegada Iara Gardênia, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) -, apresentou-se à polícia quatro dias depois, acompanhado de um advogado, e foi liberado para responder pelo crime em liberdade.
Leia abaixo a mensagem que a professora Marília deixou no Facebook, agradecendo as orações, a preocupação e o apoio da família, de amigos e das pessoas que se preocuparam com ela e desejaram que ficasse bem.
 “Meus amores e minhas amoras, VOLTEI!!! Literalmente. Para a convivência de vocês e para a vida. Renasci!!! Nove dias de separação e pavor, e nove ferimentos não conseguiram acabar com a minha vida. Sabem por quê??? Por que eu só tenho amor e Deus no coração. E serão eles, amor e Deus, que vão curar as cicatrizes do meu corpo, da minha mente e da minha alma. Nunca terei palavras e ações suficientes e satisfatórias para agradecer a todos. Mas, vocês podem ter certeza de que todas as vibrações positivas e amor que vocês derramaram sobre mim já foram e serão para sempre derramadas sobre vocês em forma de saúde, felicidades, paz, amor e fé. É com pureza de espírito que eu digo: EU AMO TODOS VOCÊS!!! Beijocas!!! Dando graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz. (Colossenses 1:12)”

(Com informações da TV Sudoeste e dos blogs do Anderson e do Rodrigo Ferraz)