Anúncios
Cidades Região Sudoeste Saúde Pública

Risco à saúde: novos poços com alto teor de urânio são identificados em Caetité

Caetité

Reportagem do “Estadão”, reproduzida pelo portal UOL na quinta-feira (28), informa que novos poços com alto teor de urânio foram encontrados pelo  governo estadual encontrou novos poços com alto teor de urânio na região de Caetité, no Sudoeste do Estado, onde se localiza a única mina do material radioativo em operação na América Latina.

Os novos testes de água foram realizados pelo Centro de Pesquisas e Desenvolvimento (Ceped), a pedido do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema). No fim de dezembro, foram coletadas amostras em 19 poços da região. Os resultados ficaram prontos nesta semana. O jornal “O Estado de S. Paulo” teve acesso aos resultados dos laudos técnicos de cada poço.

Os dados revelam que pelo menos três poços estão com nível de urânio acima do limite determinado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O órgão estabelece uma tolerância de, no máximo, 15 microgramas de urânio por litro de água. Em um dos poços contaminados, localizado no Povoado Imbu, o volume encontrado chegou a 32 microgramas, mais que o dobro da quantidade autorizada pelo organismo internacional.

Além dos três poços que estouraram o limite previsto em lei, outros três chegaram ao índice de 14 microgramas por litro, isto é, estão praticamente em cima da quantidade permitida. Os volumes são preocupantes mesmo se considerado o critério mais brando utilizado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que impõe uma tolerância de até 20 microgramas.

Pontos serão fechados

De acordo com o jornal, o secretário de Meio Ambiente do governo da Bahia, Eugenio Spengler, disse que os novos pontos de contaminação serão fechados, para garantir a segurança e saúde da população. “Está decidido que os poços que apresentaram níveis superiores não poderão ser mais utilizados. Nossa orientação é de que eles sejam lacrados”, afirmou.

Spengler disse que uma nova rodada de coleta de amostras será feita nas próximas semanas e que o governo baiano vai adquirir equipamentos para fazer um monitoramento permanente das águas subterrâneas da Bahia, projeto que terá início na região de Caetité. O termo de referência para compra desses equipamentos está em fase de conclusão.

O governo baiano tem encontrado dificuldades de executar o monitoramento na região por causa dos dados precários sobre a localização de cada poço. “Além disso, muitos reservatórios usados pela população foram abertos clandestinamente”, diz o coordenador de monitoramento dos recursos ambientais e hídricos do Inema, Eduardo Topázio.

Leia mais no UOL.

Anúncios

0 comentário em “Risco à saúde: novos poços com alto teor de urânio são identificados em Caetité

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: