Janela partidária: Arlindo e Hermínio trocam de partido. Gilzete vai mesmo sair do PSB. Lúcia, Álvaro e Cori ficam?

Posted on terça-feira, 15 março 2016

0


Seja 19 de março, como divulgado maciçamente pela imprensa, ou 2 de abril, como afirmam vários advogados, a janela partidária que autoriza vereadores a mudar de partido sem que seja considerada infidelidade partidária, está se fechando. E, em Vitória da Conquista, a migração não teve ainda o tamanho que se esperava. Até esta data, só dois vereadores fizeram a mudança: Arlindo Rebouças, deixando o PROS e ingressando no PSDB, do qual assumiu a presidência e tornou-se pré-candidato a prefeito, e Hermínio Oliveira, que em 2013 havia mudado do PDT para o Solidariedade, agora está no PPS. O petista Coriolano Moraes, conhecido como Professor Cori, não confirmou se sai do PT, enquanto seu correligionário Florisvaldo Bittencourt disse que fica.

gilzete

Gilzete Moreira: seu poder não lhe faz forte no PSB

Já o presidente da Câmara de Vereadores, Gilzete Moreira, só falta informar para aonde vai. Já disse que no Partido Socialista Brasileiro não fica. O PSB não vem dando o devido valor político a Gilzete, que já foi vice-prefeito, na gestão de José Raimundo Fontes, e é o principal dirigente do legislativo conquistense. Hoje Gilzete determinou aos funcionários da Câmara que retirem o nome do PSB na sua identificação no painel de presença e votação e que dos textos distribuídos à imprensa ou publicados no site da Casa não conste mais sua filiação partidária.

Álvaro Pithon

Álvaro Pithon é requisitado por vários partidos

Outros que ainda podem anunciar mudança de partido são o vereador Álvaro Pithon e a vereadora Lúcia Rocha para partidos ainda não definidos. Os dois são do Democratas e foram campeões de votos em suas eleições e isso gera desconforto aos demais pré-candidatos a vereador na agremiação a que estão filiados, seriam “muito fortes”. Há também quem os associe a adversários do DEM, como Fabrício Falcão, pré-candidato do PCdoB à prefeitura, e ao prefeito Guilherme Menezes (PT).