Oficial: PT de Conquista fecha com Zé Raimundo. Odir abre mão da vice.

Posted on quarta-feira, 23 março 2016

2


2016-03-08 22.34.59

Zé Raimundo é confirmado candidato a prefeito so

Em reunião que durou três horas na sede do diretório municipal, o PT de Conquista decidiu que vai para a campanha com o ex-prefeito e atual deputado estadual José Raimundo Fontes à frente. O secretário Odir Freire, nome apresentado pelo prefeito Guilherme Menezes, o professor Marcelo Neves e o dirigente do MST Márcio Matos seguem a decisão do partido. Odir, que na semana passada teve o seu nome definido para a vice, primeiro em reunião do Movimento PT, coletivo do qual faz parte o prefeito Guilherme Menezes, e depois em encontro entre o MPT e representantes da tendência Reencantar, de José Raimundo e do deputado federal Waldenor Pereira, abriu mão da posição na chapa, considerando a possibilidade de o PT ainda atrair um dos partidos da Frente Conquista Popular que anunciaram candidatos próprios (PCdoB e PSB).

O prefeito Guilherme Menezes não participou da reunião desta noite, mas orientou os seus aliados a dar respaldo à proposta e assegurar a José Raimundo todo o apoio na disputa.

No fim de semana passado o BLOG divulgou que já havia sido sacramentado um acordo entre as duas correntes mais fortes dentro do PT local, envolvendo os grupos de apoio a José Raimundo e a Odir, na direção de uma chapa puro-sangue, tendo o deputado como candidato a prefeito e o secretário a vice. Esta continua a ser uma alternativa, se o PT não conseguir um vice (ou uma vice) que acrescente votos, amplie a credibilidade da chapa e acrescente tempo de TV e rádio para a campanha. Os petistas ainda sonham com a adesão dos antigos aliados da Frente Conquista Popular.

Nesta quinta-feira. a executiva do PT em Conquista divulgará uma nota oficial confirmando o entendimento dentro do partido. Destacará a unificação das pré-candidaturas no nome de José Raimundo e deixará aberta a possibilidade da vice. Depois da semana santa o partido dará uma entrevista coletiva à imprensa com a participação de todos os pré-candidatos, mais o prefeito Guilherme, vereadores e o deputado federal Waldenor Pereira, para anunciar formalmente o acordo e explicar a evolução dos entendimentos.

Nenhum participante da reunião confirmou, mas a decisão pela chapa com José Raimundo na cabeça foi tomada em razão dos últimos episódios da política nacional, com enorme pressão sobre o PT; pelos números de uma pesquisa recente, feita pelo PT estadual, que mostrou crescimento da candidatura de Herzem Gusmão (PMDB), com ameaça de a eleição acabar no primeiro turno, e os sinais, dados por defensores do prefeito Guilherme Menezes e apoiadores de José Raimundo, de que, depois da prévia, um grupo não se empenharia na campanha do outro, o que colocaria em risco a continuidade do projeto e poderia entregar a prefeitura a Herzem e à oposição.

Posted in: Uncategorized