O DEM conquistense, de Marcelo Melo, e suas certezas cheias de dúvida

Posted on sexta-feira, 25 março 2016

0


DSC_00202

Marcelo Melo está dando tempo ao tempo. (Foto: Blog do Anderson)

Recentemente encontrei o pré-candidato Marcelo Melo, do Democratas (DEM) e lhe perguntei se a candidatura estava firme. Quem conhece Marcelo sabe que ele é um dos políticos mais afáveis de Vitória da Conquista, defensor de uma política de alto nível. Ele sorriu e respondeu que estava firme, reunindo, conversando. Então, fiz outra pergunta: a candidatura é mesmo para valer, vai até o fim? Com a mesma gentileza, Marcelo disse que por enquanto, sim. “Vamos ver mais pra frente”. Sei que ele lembra que falou isso.

Na próxima semana devo me encontrar com Marcelo Melo para uma entrevista dele ao BLOG e ele poderá esclarecer seu posicionamento e confirmar a pré-candidatura. Ou não.

O PMDB local e estadual e os analistas da política conquistense apostam que o DEM define apoio à candidatura de Herzem Gusmão. O próprio Herzem aposta nisso e disse ao BLOG que a unidade será a anunciada nos próximos dias. É muito provável que o então pré-candidato do DEM seja indicado para a vice do PMDB. Sem nenhum interesse particular nessa composição, opino que uma chapa com Herzem e Marcelo (que teve 17.232 votos em Conquista para deputado federal em 2014) seria muito forte e exigiria reposicionamentos importantes no lado esquerdo do tabuleiro do xadrex que está sendo a política conquistense.

Enquanto não tira a dúvida sobre a sua candidatura – de aparente certeza, mas com sinais de que é apenas temporária – Marcelo Melo aguarda, também cheio de certezas e dúvidas, definição dos vereadores Álvaro Pithon e Lúcia Rocha sobre a permanência ou saída do DEM. Lúcia e Álvaro são históricos campeões de votos.

No Blog do Anderson está uma demonstração da confusão em torno dessa questão, um exemplo das certezas duvidosas do partido de Marcelo. Segundo a nota, o líder do DEM conquistense diz que Álvaro e Lúcia devem ficar no partido, em seguida informa que não falou com eles sobre isso e encerra – depois de afimar que os vereadores devem ficar no partido – dizendo que aguarda a definição dos dois.

Uma pérola.

Screenshot_2016-03-25-15-48-00