Saída de secretários pré-candidatos a vereador leva governo de Conquista à décima mudança em nove meses

Posted on terça-feira, 5 abril 2016

0


PhotoGrid_1459828228817[2]

Viviane e Valdemir serão candidatos a vereador pelo PT

Com a saída da secretária de Saúde, Márcia Viviane de Araújo, e do secretário de Educação, Valdemir Oliveira Dias, para concorrer a vagas na Câmara de Vereadores, o secretariado do prefeito Guilherme Menezes chega à décima mudança em pouco mais de oito meses. Em julho do ano passado saíram Miguel Felício, do Desenvolvimento Social, e Élvio Dourado, dos Serviços Públicos, os dois do PCdoB, que entregaram os cargos por orientação partidária, já que o PCdoB saiu do governo para lançar candidato próprio à sucessão de Guilherme. Ainda em julho, a secretária de Infraestrutura Urbana, Débora Cristiane Teixeira Rocha, deixou o cargo, assumido por Luiz Alberto Sellmann, que passou a acumular a função com a de secretário de Mobilidade Urbana.

No início de agosto Ricardo Marques deixava a secretaria de Comunicação, sendo substituído por Nagib Barroso, que passou a acumular a função com a de secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. No mês de novembro Guilherme Menezes nomeou para o cargo de secretário de Comunicação o jornalista Ernesto Marques, substituindo Nagib Barroso. Em janeiro deste ano, foi a vez de Márcio Higino Melo se afastar da secretaria de Administração para tratamento de saúde, tendo sido substituído pelo servidor Fabrício Alves Santos, mudança que o prefeito não desfez, mesmo Higino tendo dado declaração pública de que já estava pronto para voltar.

Em fevereiro, o atual Chefe de Gabinete, Odir Freire, deixou a secretaria de Agricultura, dando lugar ao veterinário Sílvio Antônio Moura. No final de março saiu da administração o PSB, que mantinha Gildelson Felício no cargo de secretário do Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), substituído pelo secretário do Meio Ambiente, Carlos Teles, que vai acumular as duas pastas. No Diário Oficial de ontem (segunda-feira, 4), foram publicadas as exonerações de Márcia Viviane e de Valdemir, mas só foi nomeado o substituto deste último. É o ex-assessor especial do gabinete da secretaria, Gustavo Leão.

ODIR E GILDÁSIO FICARAM – O secretário de Serviços Públicos, Gildásio Silveira, que se esperava que também saísse do governo para tentar seu retorno à Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, da qual já foi presidente, optou por permanecer na administração municipal. Gildásio acredita que sua contribuição na campanha de prefeito será mais efetiva sem que ele entre na eleição por uma vaga de vereador. Outro que ainda pode sair é o chefe de Gabinete Odir Freire. Lançado pré-candidato a prefeito em setembro do ano passado pelo próprio prefeito Guilherme Menezes, Odir retirou-se da disputa interna do PT em favor da unidade e seu nome passou a ser cogitado para vice, numa chapa puro-sangue com o ex-prefeito e atual deputado José Raimundo Fontes. Para ser candidato a vice Odir só precisará sair no dia 2 de junho.