Quem são os pré-candidatos a prefeito de Vitória da Conquista definidos?

Posted on terça-feira, 12 abril 2016

0


Arlindo

Arlindo Rebouças (PSDB)

Alexandre

Alexandre Pereira (PSB)

Os eleitores só saberão quem são os candidatos a prefeito e vice depois das convenções. Pelo calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que regula as eleições no Brasil as convenções partidárias devem acontecer entre os dias 20 de julho e cinco de agosto, portanto, de hoje até o período definido pela legislação ainda falta um pouco mais de três meses. Até lá, os pré-candidatos podem ser apresentados nessa condição, falar de suas propostas, fazer reuniões, etc., em uma espécie de pré-campanha em que só não podem fazer propaganda (santinhos, carro de som, etc.) e pedir voto diretamente.

Armênio

Armênio Santos (PPS)

Fabrício

Fabrício Falcão (PCdoB)

Nessa condição, todo dia a gente ouve falar de um pré-candidato a prefeito. Ou que se lançam ou são lançados. A conta já chegou a dez. As novidades são: o Grupo Independente (GI), encabeçado pelo empresário Romilson Filho, fala em lançar o também empresário Gideon Coleta (da Confrangos e do Restaurante Casa Chequer) e dois nomes do PSD passaram a ser comentados nos últimos dias, o do médico Valverde e do ex-deputado Clóvis Ferraz, presidente do partido no município. Consta que o PSOL e o REDE também devem lançar candidatos. A conta passa de dez. Depois das convenções deve ser reduzida a no máximo seis. Ou cinco.

IMG-20160321-WA0000[1]

Nayana Gusmão (PTdoB)

Herzem

Herzem Gusmão (PMDB)

O BLOG pediu a cada um dos pré-candidatos já conhecidos que enviasse um breve currículo e dissesse qual sua opinião sobre o país e o município e a principal razão que o motiva a querer ser prefeito. Responderam os pré-candidatos Arlindo Rebouças, Armênio Santos, Fabrício Falcão, Marcelo Melo, Nayana Gusmão e Zé Raimundo. Alexandre Pereira e Herzem Gusmão não atenderam ao pedido do BLOG. Herzem informou que um de seus assessores já tinha o material pronto para enviar, mas o assessor deve ter esquecido. Duas pessoas do PSB com quem me comuniquei (não falei com o pré-candidato) se comprometeram a enviar a resposta de Alexandre Pereira, mas também esqueceram.

 

unnamed (1)

Zé Raimundo (PT)

Os perfis dos pré-candidatos serão publicados um a um, diariamente, a partir de hoje. E vamos fazê-lo pela ordem de chegada. Os textos foram redigidos pelos pré-candidatos ou suas assessorias e o BLOG fez uma revisão ligeira e no caso dos currículos muito extensos (pedi um breve currículo) fez uma edição para facilitar a leitura. Portanto, não há uma redação padrão, nem na forma e nem no tamanho. Nem todos enviaram as respostas como solicitado, mas o BLOG considera que é importante manter o propósito e vai publicar as informações que chegaram. Alguns escreveram em primeira pessoa outros em terceira, no que o BLOG não mexeu para não incorrer no risco de alterar informação considerada importante pelo entrevistado. (As fotos estão em ordem alfabética, à exceção de Marcelo Melo, cujo perfil vai abaixo).

Marcelo Melo

Marcelo Melo (DEM) aposta na força de ACM Neto para viabilizar candidatura

MARCELO MELO – NOVAS IDÉIAS PARA CONQUISTA

Marcelo Melo é, antes de tudo, um conquistense. Filho do comerciante e ex-vereador Walmir Santos e da professora Telma Melo, é casado e pai de duas filhas. Marcelo iniciou sua vida estudantil no Educandário Juvêncio Terra e na Escola Agrotécnica Sérgio de Carvalho.

Foi na Agrotécnica, colégio público conquistense, o ponto de partida deste jovem em sua incansável luta pela melhoria da educação, sendo eleito presidente da Cooperativa dos Estudantes, onde promoveu diversos cursos e palestras, visando o incentivo à produção de hortifrúti para comercialização no Ceasa.

Ao ingressar na Faculdade de Administração, Marcelo, mais uma vez, demonstrou o seu insaciável desejo de lutar por uma educação de qualidade e inclusiva, tornando-se presidente do Centro Acadêmico e influente líder estudantil.

Marcelo é um filho de Conquista, com relevantes trabalhos prestados à cidade e toda Região Sudoeste. Em 2001, foi convidado para administrar a Secretaria de Saúde do Município de Itambé (BA), desenvolvendo um trabalho que melhorou substancialmente a saúde pública municipal. Marcelo também foi de grande importância para o progresso da agropecuária do Sudoeste da Bahia, e isso se viu refletido no brilhante trabalho desenvolvido a partir do ano 2003, na gerência administrativa da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia – ADAB, coordenando o referido órgão em 22 municípios da Bahia e na divisa Bahia / Minas.

Marcelo Melo destaca-se também pela atuação política. Pavimentou a sua caminhada ao lado de ACM Neto, sendo escolhido, em 2002, para coordenar em nossa região a campanha do mesmo a deputado federal. Tendo demonstrado um excelente trabalho, foi convidado para ser assessor do deputado, destacando-se ao impulsionar emendas parlamentares para Vitória da Conquista e região.

Incansável em se aprimorar profissionalmente, nunca parou de estudar. Tornou-se professor do Curso de Administração e ingressou na Faculdade de Direito. Logo após a formatura, montou um escritório de advocacia no centro de Vitória da Conquista, atuando no campo trabalhista, cível, previdenciário, administrativo e defesa do consumidor. Em 2014 tornou-se especialista em Direito Público e Privado.

Reconhecendo a competência e lealdade de Marcelo Melo, o prefeito ACM Neto o escolheu para ser o candidato a deputado federal do Democratas, em 2014, representando Vitória da Conquista e região Sudoeste, oportunidade em que obteve 24.823 votos.

Dentro deste processo de renovação que vem se desencadeando na política contemporânea, Marcelo representa sangue novo, luta nova e a força das novas ideias!

Por que Marcelo Melo? (Segundo o próprio)

Marcelo deseja ser o governante que Conquista merece, com um programa de governo inovador e um modelo eficiente de gestão que revolucionará Vitória da Conquista.

Representa a renovação na política conquistense; É a força jovem de Conquista; Marcelo aplicará em Conquista o Modelo de Gestão do Democratas, que tanto tem transformado e beneficiado Salvador; Valoriza a educação como agente de transformação social; Sua humildade e capacidade de ouvir as demandas da população revelam uma qualidade única no atual cenário político; Sabe que é fundamental que o poder público garanta para a população a liberdade e a segurança; Defende uma maior participação do jovem na política, reconhecendo a capacidade que a juventude tem de atuar de forma contundente nas transformações do cenário político; Tem a experiência e o vigor necessários para defender os interesses de Vitória da Conquista e junto aos governos Estadual e Federal sem se curvar.