PT deve apoiar Lídice em Salvador e não desiste do PSB em Itabuna nem em Conquista, ainda no 1º turno

Posted on terça-feira, 5 julho 2016

0


O Partido Socialista Brasileiro (PSB) tinha um pré-candidato em Itabuna, o empresário Carlos Leahy, que, por razões de saúde, desistiu da candidatura. Em Vitória da Conquista, teve o advogado Alexandre Pereira, ex-presidente da Câmara de Vereadores e oriundo do PT, como pré-candidato por sete meses. Para o lugar de Carlos Leahy, o PSB não apresentou nenhum outro nome e o principal coordenador da pré-campanha de Leahy, o publicitário Josias Miguel, também filiado ao PSB, já desembarcou com laptop e pesquisas debaixo do braço no grupo azevedista, onde esteve até metade da eleição de 2012, perdida pelo Capitão Azevedo.

Em Conquista, a candidatura de Alexandre confirmou-se inviável, como adiantado pelo BLOG em março, a partir de declarações de apoiadores dele que não acreditavam que a proposta passasse do São João, por causa da falta de apoios externos e de recursos estruturantes. Aos primeiros sinais de que Alexandre sairia do páreo, a cúpula petista, incluindo o pré-candidato Zé Raimundo Fontes, reforçaram as articulações tanto com o diretório municipal quanto com os dirigentes estaduais, Lídice à frente, visando formar uma chapa com o atual vice-prefeito, Joás Meira,  de novo na vice. Mas, não deu. O PSB lançou Joás pré-candidato no lugar de Alexandre. E no partido todos afirmam que, por uma questão de honra, não haverá recuo.

Sessão em comemoração aos 23 anos da promulgação da Constituição Federal e da criação dos estados do Amapá, Roraima e Tocantins: senadora Lídice da Mata (PSDB-BA)

A senador Lídice da Mata vai mudar o que decidiu o PSB nos municípios?

Tem quem, de fora, duvide. Tem quem, no PT, mantenha a esperança. E o anúncio de que o PT de Salvador, com anuência da direção estadual, vão apoiar Lídice da Mata, dando o vice da chapa, anima quem está disposto a continuar buscando o PSB de qualquer jeito. Em Itabuna, Geraldo Simões e seu grupo não falam muito, mas é sabido que não apenas torcem que dê certo como mandam seus próprios sinais, afinal, têm no presidente municipal do partido socialista um simpatizante e aliado de outras batalhas. Já Zé Raimundo e o PT conquistense, agora, só contam como um recurso para voltar a ter o PSB na aliança: uma ordem vinda de Salvador. Estão com olho no local e outro na capital. Os meninos, como são conhecidos os três dirigentes históricos do PSB em Conquista – José Carlos Oliveira, Gildelson Felício e Genivan Neri -, que um dia expulsaram o poderoso José Pedral do partido, dizem que não há chance desse apoio no primeiro turno.

VEJA A NOTA SOBRE O ACORDO EM SALVADOR, PUBLICADA PELO BAHIA.BA

“O diretório do PT em Salvador decidiu no fim da manhã desta terça-feira (5) apoiar a pré-candidatura da senadora Lídice da Mata (PSB) à prefeitura da capital baiana. A decisão acontece após reunião da cúpula petista da Bahia, que contou com a participação dos presidentes estadual, Everaldo Anunciação, e municipal, Marta Rodrigues, além do vice Paulo Motta.

O grupo anunciou ainda que aprovou a coligação proporcional entre PT e PSB na disputa por cadeiras na Câmara de Vereadores. Com o fechamento, a deputada federal Alice Portugal (PCdoB) e a senadora serão concorrentes no pleito de outubro na capital baiana. Um encontro com o PSB está marcado para esta quarta (6) e uma entrevista coletiva prevista para quinta (7) para dar detalhes do acordo à imprensa”.