Herzem Gusmão faz mistério sobre secretariado, mas nomes começam a aparecer. E há bons sinais.

Posted on terça-feira, 22 novembro 2016

2


O prefeito eleito Herzem Gusmão, radialista de origem e pós-graduado em Jornalismo e Comunicação, adotou um estilo de falar pouco à imprensa depois da eleição. Avisou que só fala por meio da Assessoria de Imprensa, embora tenha se mostrado acessível nos eventos em que encontrou algum colega jornalista. Ao BLOG Herzem explicou sua nova postura dizendo que o objetivo é evitar que um jornalista ou veículo de imprensa tenha privilégio sobre o outro, neste momento em que ele conversa com aliados e setores da sociedade para compor sua equipe. Herzem também não seria chegado ao estilo moderno, à americana, praticado por Obama quando eleito e agora por Trump, que usa as redes sociais, especialmente o Facebook para pronunciamentos e anúncios para atender à ansiedade de eleitores, não eleitores e da imprensa.

Com esse novo estilo quase caladão do radialista-prefeito e com o mistério em torno dos nomes, não dá para saber se o secretariado de Herzem será mesmo composto pelos melhores de cada área, como ele prometeu, mas, pelo menos uma escolha já conhecida dá um bom sinal do que pode ser a tal equipe de excelência que foi anunciada: Cláudio Cardoso, ex-superintendente regional do Sebrae, entidade na qual trabalhou por 28 anos, até 2012. Economista, atualmente, Cláudio presta consultoria na área imobiliária, mas tem conhecimento e experiência comprovadas na área de desenvolvimento de projetos e do empreendedorismo, sendo uma excelente aposta para a futura Secretaria de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico que o novo prefeito deverá criar.

irma-arlindo-claudio-esmeraldino

Parte do secretariado já confirmada, dando precedência à mulher e seguindo em ordem alfabética: Irma, Arlindo, Cláudio, Esmeraldino, José William e Marcos Ferreira

Além de Cláudio Cardoso, outro nome com boa repercussão é o do vereador e ex-candidato a prefeito Arlindo Rebouças (PSDB). Arlindo confirmou ao BLOG que deve assumir a Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB). Vereador no quarto mandato, Arlindo é servidor da Previdência Social há 30 anos e foi gerente executivo da agência do INSS em Vitória da Conquista, tendo sido considerado um dos gerentes mais eficientes entre todos do País. Conhecido por levar a administração pública muito a sério e ser exigente com os resultados, Arlindo vai cuidar de uma das áreas mais importantes da administração e já chega com dois abacaxis para resolver: a melhoria do serviço prestado pelas empresas de ônibus urbanos e a regulamentação do transporte coletivo alternativo por vans, uma promessa de campanha de Herzem Gusmão.

Outros nomes dados como certos são: Irma Lemos (PTB), vice-prefeita eleita; José William (sem partido), ex-vereador, ex-secretário e um dos principais articuladores da campanha de Herzem; o tenente-coronel Esmeraldino Correia (PPL), ex-comandante do extinto 9º Batalhão da Polícia Militar; o advogado e ex-candidato a vice-prefeito Marcelo Melo (DEM) e o administrador de empresas Marcos Antônio de Miranda Ferreira (sem partido), ex-funcionário da OAS, ex-diretor da TV Sudoeste, ex-vice-presidente da CBF e coordenador-geral da campanha peemedebista, considerado um excelente negociador, de fácil comunicação.

Irma Lemos deve assumir a Secretaria de Desenvolvimento Social, uma das pastas com mais programas em execução, um orçamento significativo e muitas demandas em uma cidade que não para de crescer e de aparecer problemas sociais. Se compreender que desenvolvimento social não é a mesma coisa que filantropia, com o que está acostumada, e se valorizar os técnicos da área não terá dificuldade para fazer um bom trabalho, pois trata-se de pessoa de ótimo trato e com grande capacidade de trabalho.

José William pode ir para a Agricultura ou Interior, área com a qual lidou e realizou um trabalho reconhecido até hoje na zona rural. Ele também esteve à frente da pasta da Administração em governos anteriores e foi dirigente da Câmara de Vereadores e pode ajudar o novo governo em outro setor, se Herzem quiser. Só precisa se cercar de boa assessoria, pois, comparando com o período em que faz parte do governo municipal, o conhecimento de novas tecnologias e das formas de gestão é imprescindível nestes tempos.

O cargo que caberá a Esmeraldino é uma das incógnitas que só Herzem pode responder. Pela relação que mantém com o prefeito eleito e por sua elogiada capacidade diplomática é dado como um dos que mais podem ajudar a futura gestão. A questão é: onde? Falou-se em educação, já que o militar da reserva também é professor, mas a pasta está reservada para o Democratas, partido do prefeito de Salvador, ACM Neto e de Marcelo Melo, que já teria recebido o aval do dirigente do DEM e acertado com Herzem. Pode ser que Esmeraldino fique com um dos cargos do gabinete, próximo ao prefeito.

Já Marcos Ferreira será incoerente se a ele não couber a secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, pela sua experiência com eventos (foi dirigente de blocos, coordenador de festas populares em Salvador e como diretor da TV Sudoeste criou festivais e teve a iniciativa ou apoiou a produção artística local e regional) e com o esporte.

Nesta lista podem ainda entrar Gildásio Oliveira de Carvalho, ex-secretário de Saúde de Condeúba, assessor de Herzem durante o mandato de deputado estadual e um dos nomes da equipe de transição; Nadjara Régis, advogada, ex-procuradora-geral no governo de Guilherme Menezes, de onde saiu em 2014, ex-candidata a deputada federal pelo PSB  esposa do jornalista Fábio Sena, ele próprio um dos nomes que podem estar na estrutura de Comunicação do novo governo; o advogado tributarista e contador Pedro Eduardo Pinheiro Silva, que também já faz parte da equipe de transição e o jovem médico Aloísio Alan, pessoa de grande trânsito com Herzem, de reconhecida capacidade profissional e política.

Quem lê artigos escritos por jornalistas dedicados à área da política não pode contar com informações exatas sempre. Como a política é muito dinâmica e muitas vezes envolta em mistérios, segredos, ida e vindas, ao sabor dos interesses dos que exercem o poder, o jornalista muitas vezes é obrigado a trazer ao texto o que ouve falar, dicas e dados soltos por fontes do entorno do poder e interpretações possibilitadas por sua própria experiência, explorando as especulações e expondo as possibilidades e contradições, como forma de dar ao leitor a mesma oportunidade que ele: ficar por dentro, debater, questionar, não ser tomado pela surpresa. Com este contexto é que o BLOG sugere que seja lido o parágrafo acima.

Nenhum blog ou veículo de imprensa de Vitória da Conquista teve do prefeito eleito qualquer declaração ou informação sobre equipe. Os nomes que surgiram não foram oficialmente confirmados, tampouco negados por Herzem Gusmão. Na página dele no Facebook só houve uma postagem acerca desse assunto. Foi no dia 10 de novembro, comentando reunião com representantes do Movimento Pró-Conquista, formado por entidades do setor produtivo, quando foram indicados três nomes para a Secretaria de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico. Depois disso, Herzem só postou duas mensagens, uma para homenagear a passagem do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e outra para parabenizar a conquista do pentacampeonato da Copa Governador do Estado pelo time do Vitória da Conquista.