Governador pode voltar a Conquista em abril para dar ordem de serviço da obra de conclusão do aeroporto

Posted on quarta-feira, 15 março 2017

0


Rui Costa em Conquista

O governador esteve em Conquista no dia 09/03 para discutir a segurança pública no município

O governador Rui Costa, que esteve em Conquista na semana passada para reunião do Pacto Pela Vida e entrega de viaturas para o policiamento regional, deverá voltar à cidade no início de abril para dar a ordem de serviço para a etapa final das obras de construção do novo aeroporto. No dia 25 de março termina o prazo para que as empresas vencedoras da licitação apresentem o projeto básico e executivo do terminal de passageiros. Se o projeto for aprovado sem restrição pela Secretaria de Infraestrutura do Estado as obras devem começar imediatamente, conforme as exigências do edital. O projeto será executado pelo consórcio formado pelas empresas Sial Construções Civis Limitadas e PJJ Malucelli Arquitetura S/S Limitada, vencedor da licitação encerrada no dia 25 de janeiro. Cumprida a etapa de apresentação e aprovação do projeto o consórcio terá 300 dias para concluir as obras.

Terminal novo aeroportoA previsão é de que as obras de construção do terminal de passageiros sejam concluídas entre o final de janeiro e o início de fevereiro de 2018, considerando o tempo para dotar o aeroporto dos equipamentos necessários para começar a receber aeronaves, até o final de junho do próximo ano deve ocorrer a inauguração. O aeroporto Otacílio de Figueiredo, que serve à cidade, deverá ser desativado um mês depois. A informação foi dada pelo prefeito Herzem Gusmão, repassando informação da Secretaria de Aviação Civil.

Novo aeroporto geralO novo aeroporto de Vitória da Conquista tem um orçamento total de R$ 93 milhões, fruto de convênio entre o Governo Federal e do Governo da Bahia. Na primeira fase da construção do novo aeroporto (pista e área de manobras, etc.) foram investidos R$ 53 milhões. Nesta etapa serão R$ 28.700.000,00, de um total de R$ 45.000.000,00, dos quais R$ 44.955.000,00 (99,9%) liberados pelo governo federal e R$ 45.000,00 (0,1%) de contrapartida do Estado da Bahia. A outra parte dos recursos deverá ser usado em equipamentos para funcionamento do aeroporto.