Independência só entende quem a tem. Não misturem os blogs.

Posted on sexta-feira, 16 junho 2017

1


PhotoGrid_1458847550584[1]Me esforço para manter um blog independente, ainda que com atualização demorada.

Não vendo espaço, não peço patrocínio. E não devo nada a nenhum político, em nenhum aspecto, com exceção de gratidão a Helio Ribeiro.

Mesmo assim, tem petista que me chama de “comprado/vendido” quando um artigo resvala em elogio ao governo Herzem. E herzistas, estes mais raivosos ainda, que despejam caçambas de ataques se um texto lhes faz entender que eu preservo o PT.

É uma insanidade incrível, principalmente porque a imensa maioria dos que destilam seu veneno lê, no máximo, o título que aparece no link do Facebook.

Mas, perdoo a maioria (menos os que usam adjetivos injuriosos e caluniosos), porque sei qual a relação de patrocínio ou cumplicidade da maioria dos blogs da cidade com os políticos.

É um problema; porém, um problema deles.

Estou nessa labuta do jornalismo há 39 anos. Fui o primeiro comunicador conquistense a fazer um blog, em 2004. Construí uma história, ainda que valentões e invejosos tenham tentado desconstituir.

Entretanto, não vivo de história , não me adotei como grife e enfrento dificuldades. Mas eu prefiro dever ao cartão de crédito e responder com esclarecimentos aos que atacam sem conhecer o conteúdo do que dever à minha consciência.

Posted in: Uncategorized