Solla diz que decisão contra Lula só vale até depois da disputa de 2018. “É só para tirar Lula da eleição”

Posted on quarta-feira, 12 julho 2017

0


O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) lamentou a condenação do presidente Lula em processo julgado pelo juiz Sérgio Moro que trata do tríplex do Guarujá. Para o parlamentar petista, o processo “é uma farsa” por não ter provas de que Lula seja o proprietário do imóvel.

images (1)h

O ex-presidente foi condenado nesta quarta (12) a nove e anos e meio de prisão pelo juiz Sérgio Moro.

“Esse caso do tríplex é simbólico, porque o presidente nunca usufruiu do tríplex, nunca dormiu lá, e não há nenhum documento com valor jurídico que ateste sua posse do imóvel. Havia uma explícita proposta de compra, e um vendedor interessado em vender, oferecendo reformas para tornar o seu produto mais atraente. Tornar isso crime foi a única saída que encontraram para tirar Lula da eleição de 2018”, afirmou o petista.

imagesSolla convocou a militância do PT para ir às ruas. “Não precisa ser vidente para prever que farão de tudo para a decisão ser mantida na segunda instância, enterrando a candidatura de Lula, para só depois da eleição Lula ser absolvido nas instâncias superiores. Alguma coisa precisa ser feita em termos de garantias internacionais”, completou Solla.

Para o deputado, Lula representa hoje a única alternativa de projeto de país que tem viabilidade eleitoral para disputar a eleição do ano que vem. “Na primeira eleição após um golpe, se você tira da disputa o única candidato com chances de vencer que representa um projeto antagônico àquele que está sendo executado pelo governo golpista, você está tirando o poder de escolha da população. Isso não é democracia, é uma farsa eleitoral”, completou.

Posted in: Uncategorized