Administração Pública

Regularização fundiária realizada pela prefeitura de Conquista chega ao Vila América

Regularização fundiária PMVC 2018

Agente municipal explica à moradora como é feito o processo

O programa de regularização fundiária que vem sendo realizado pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semdes), chegou ao bairro Vila América. Em execução desde a administração anterior, o programa ganhou o nome de Morar Legal e tem avançado na atual gestão e já entregou mais de 1600 títulos de propriedade. No Vila América os trabalhos começaram na semana passada e deve beneficiar cerca de 600 famílias que receberam a área da prefeitura há mais de 20 anos, mas ainda não têm a posse definitiva do imóvel.

Irma entrega título de imóvel no Bruno Bacelar

Secretária Irma Lemos entrega título de imóvel no Bruno Bacelar

“O objetivo do governo municipal é identificar as famílias que receberam lotes, mas não possuem as escrituras e garantir para essas pessoas o direito da posse legal.  É uma prioridade estabelecida pelo prefeito Herzem Gusmão que estamos cumprindo com agilidade,  beneficiando famílias em vários bairros”, ressaltou a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social, Irma Lemos.  Segundo o diretor de Habitação Popular da Semdes, Wal Cordeiro, ação no Vila América foram iniciados com o levantamento planialtimétrico e o cadastro socioeconômico, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, através dos agentes de endemias e comunitários de saúde.

Herzem entrega título de imóvel no Renato Magalhães

Moradora do Renato Magalhães recebe documentos das mãos do prefeito

O prefeito Herzem Gusmão acompanha pessoalmente o desenvolvimento das ações e enfatiza a satisfação do governo por poder assegurar que os donos dos lotes doados pela prefeitura tenham acesso aos documentos legais que passam os imóveis em definitivo para o nome deles. “E estamos muito felizes com a resposta dos moradores do Vila América, que estão recebendo nossa equipe com muita alegria. O Governo Municipal não mede esforços para garantir o direito dessas pessoas de terem a escritura de suas casas”, ressaltou Herzem.

Uma dessas pessoas é Maria da Conceição Neres, 56 anos, que mora na Rua Manoel Beckman. Ela está otimista com o trabalho que a Prefeitura vem fazendo. “Estou muito feliz com a possibilidade de receber o documento porque a gente tem a casa, mas também tem que ter o documento comprovando que ela é minha e de meus filhos”, enfatizou.

——
Redigido a partir de notas da Secom/PMVC
Fotos: Secom/PMVC
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: