Anúncios
Administração Pública Política

Maiores salários de prefeitos da região: Conquista é o sexto e o mais alto é o de Livramento

Depois da publicação da matéria em que abordamos a polêmica envolvendo o salário pago ao prefeito de Vitória da Conquista, vários leitores entraram em contato pedindo maiores informações sobre os salários dos prefeitos da região Sudoeste. Quem ganha mais entre os gestores de 32 municípios do entorno de Vitória da Conquista? O BLOG responde à pergunta nas tabelas que estão no final da matéria. Os dados foram obtidos no site do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e são fornecidos pelos próprios gestores. Em alguns casos os números referem-se ao ano passado porque a administração municipal atrasou o envio das informações ao TCM.

Prefeito Ricardo Ribeiro, de Livramento (Foto - Blog Achei Sudoeste)
Prefeito Ricardo Ribeiro, de Livramento (Foto: Blog Achei Sudoeste)
Prefeito Jairo Magalhães, de Guanambi
Prefeito de Mateinga, Edcarlos Oliveira
Prefeito de Maetinga, Edcarlos Oliveira (Foto: Blog do Anderson)
Herzem em gabinete
Prefeito de Conquista, Herzem Gusmão (Foto: Giorlando Lima)

Os maior salário é pago ao prefeito de Livramento de Nossa Senhora, Ricardo Assunção Ribeiro, que ganha R$ 25.200,00, seguido do prefeito de Guanambi, Jairo Silva Magalhães, que recebe R$ 25.000,00. Quem ganha menos é o prefeito de Maetinga, Edcarlos Lima Oliveira: R$ 6.300,00. O de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, é o sexto em remuneração, com R$ 19.132,00 – apenas R$ 22,00 a mais que a prefeita de Cândido Sales, Eliane Pontes de Oliveira, cujo município tem menos de 8% da população de Conquista. O salário médio dos 32 prefeitos é de R$ 14.947,43.

As remunerações variam muito de município para município e não existe uma correlação entre elas, ou seja, o valor que um prefeito recebe não se deve, necessariamente, a algum critério seguido por outro – como o tamanho ou a renda do município – a definição é local, sob articulação dos governantes e aprovação da Câmara de Vereadores. A maioria dos prefeitos reeleitos em 2016 manteve os salários que recebia, alguns o tiveram reajustado. Os salários dos prefeitos, quando alterados por lei em 2016 tiveram a articulação dos mesmos e, em alguns casos, a participação do gestor que deixava o cargo, geralmente depois de ter apoiado o eleito em campanha.

Para efeito de comparação, o BLOG informa qual a população do município e calcula o pagamento per capita dos salários de cada prefeito. A conta é simples: dividindo o salário do prefeito pela população estimada pelo IBGE, com data em 29 de março de 2018 (https://www.ibge.gov.br/geociencias-novoportal/organizacao-do-territorio/estrutura-territorial/15761-areas-dos-municipios.html?=&t=destaques), encontramos o valor individual, que caberia a cada pessoa na remuneração do gestor. No caso de Anagé, é como se cada habitante pagasse, mensalmente, aproximadamente 77 centavos para o prefeito trabalhar pelo município, no ano esta conta chega a R$ 10,73 já que, desde novembro do ano passado, os prefeitos passaram a ter o direito de receber também férias e 13º salário.

Considerando o que chamamos de pagamento per capita, os municípios onde o cidadão desembolsa mais são Ribeirão do Largo – com R$ 1,61 para cada morador por mês e R$ 22,54 por ano e Caatiba, R$ 1,53/mês e R$ 21,42/ano, só com o salários do prefeito, não incluído o que ganham o vice-prefeito e demais agentes políticos, cargos em comissão e servidores efetivos ou contratados. Há casos em que o salário do prefeito é abaixo da média, como Maetinga, onde se paga R$ 6.300,00, mas o valor por habitante é R$ 1,43.

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, seria o mais barato para o cidadão, de acordo com o hipotético índice per capita considerado pelo BLOG: apenas 5 centavos por mês ou R$ 7,00 por ano, contando férias e décimo-terceiro.

NOTA DO EDITOR: Esta matéria foi atualizada para corrigir a informação acerca do salário recebido pelo prefeito de Livramento de Nossa Senhora. Anteriormente, divulgamos que ele recebia R$ 20.160,00, em razão de decreto assinado pelo mesmo, no ano passado, determinando uma redução de 20% no próprio salário e do vice. Mas, informações chegadas daquele município esclarecem que o decreto valeu apenas até o dia 31 de dezembro de 2017 e que o gestor livramentense passou a receber, integralmente, o salário de R$ 25.200,00, aprovado pela lei municipal nº 1.340, de 29 de setembro de 2016. Com o esclarecimento, Ricardo Ribeiro passa à condição de maior salário entre os prefeitos do Sudoeste baiano.

Veja a lista dos municípios, com o salário bruto de cada gestor.

TABELA 1 – MAIOR SALÁRIO BRUTO
MUNICÍPIO POPULAÇÃO PREFEITO/A SALÁRIO PER CAPITA
Livramento 46.739 Ricardo Assunção Ribeiro R$ 25.200,00 0,54
Guanambi 86.808 Jairo Silva Magalhães R$ 25.000,00 0,29
Brumado 69.677 Eduardo Lima Vasconcelos R$ 20.000,00 0,29
Caetité 52.853 Aldo Ricardo Cardoso Gondim R$ 20.000,00 0,38
Tremedal 17.700 Márcio Ferraz de Oliveira R$ 20.000,00 1,13
Vitória da Conquista 348.718  Herzem Gusmão R$ 19.132,00 0,05
Cândido Sales 26.674 Elaine Pontes de Oliveira R$ 19.110,00 0,71
Itambé 24.901  Eduardo Coelho de Paiva Gama R$ 18.020,00 0,72
Jequié 162.209 Luiz Sérgio Suzarte Almeida R$ 18.000,00 0,11
Barra da Estiva 22.082 João Machado Ribeiro R$ 17.200,00 0,78
Barra do Choça 34.121 Adiodato José de Araújo R$ 17.000,00 0,50
Belo Campo 18.247 José Henrique Silva Tigre R$ 16.000,00 0,88
Anagé 19.568 Elen Zite Pereira dos Santos R$ 15.000,00 0,77
Boa Nova 14.069 Adonias Rocha P. Almeida R$ 15.000,00 1,07
Presidente Jânio Quadros 13.334 Alex da Silva R$ 14.955,00 1,12
Poções 48.861 Leandro Araújo Mascarenhas R$ 14.341,05 0,29
Manoel Vitorino 14.251 Heleno Viriato de Alencar Vilar R$ 14.000,00 0,98
Planalto 26.915 Edilson Duarte Cunha R$ 13.260,00 0,49
Cordeiros 8.904 Delci Alves Luz R$ 13.000,00 1,46
Itapetinga 77.533 Rodrigo Hage Costa R$ 12.600,00 0,16
Aracatu 13.962 Sérgio Silveira Maia R$ 12.000,00 0,86
Bom Jesus da Serra 10.477 Edinaldo Meira Silva R$ 12.000,00 1,14
Botuporã 10.898 Otaviano Joaquim Filho R$ 12.000,00 1,10
Caatiba 7.841  Maria Tânia Ribeiro Sousa R$ 12.000,00 1,53
Caturama 9.764 Paulo Humberto Neves Mendonça R$ 12.000,00 1,23
Ribeirão do Largo 7.437 Herbert Gonçalves de Oliveira R$ 12.000,00 1,61
Rio de Contas 13.712 Cristiano Cardoso de Azevedo R$ 11.900,00 0,87
Condeúba 18.191 Silvan Baleeiro de Sousa R$ 10.800,00 0,60
Caraíbas 9.773  Jones Coelho Dias R$ 10.500,00 1,07
Iguaí 27.939 Ronaldo Moitinho dos Santos R$ 10.000,00 0,36
Mirante 9.578  Francisco Lúcio Meira Santos R$ 10.000,00 1,04
Maetinga 4.456 Edcarlos Lima Oliveira R$ 6.300,00 1,43
(População: estimativa IBGE)
TABELA 2 – MAIOR PAGAMENTO PER CAPITA
MUNICÍPIO POPULAÇÃO PREFEITO/A SALÁRIO PER CAPITA
Ribeirão do Largo 7.437 Herbert Gonçalves de Oliveira R$ 12.000,00 1,61
Caatiba 7.841  Maria Tânia Ribeiro Sousa R$ 12.000,00 1,53
Cordeiros 8.904 Delci Alves Luz R$ 13.000,00 1,46
Maetinga 4.456 Edcarlos Lima Oliveira R$ 6.300,00 1,43
Caturama 9.764 Paulo Humberto Neves Mendonça R$ 12.000,00 1,23
Bom Jesus da Serra 10.477 Edinaldo Meira Silva R$ 12.000,00 1,14
Tremedal 17.700 Márcio Ferraz de Oliveira R$ 20.000,00 1,13
Presidente Jânio Quadros 13.334 Alex da Silva R$ 14.955,00 1,12
Botuporã 10.898 Otaviano Joaquim Filho R$ 12.000,00 1,10
Boa Nova 14.069 Adonias Rocha P. Almeida R$ 15.000,00 1,07
Caraíbas 9.773  Jones Coelho Dias R$ 10.500,00 1,07
Mirante 9.578  Francisco Lúcio Meira Santos R$ 10.000,00 1,04
Manoel Vitorino 14.251 Heleno Viriato de Alencar Vilar R$ 14.000,00 0,98
Belo Campo 18.247 José Henrique Silva Tigre R$ 16.000,00 0,88
Rio de Contas 13.712 Cristiano Cardoso de Azevedo R$ 11.900,00 0,87
Aracatu 13.962 Sérgio Silveira Maia R$ 12.000,00 0,86
Barra da Estiva 22.082 João Machado Ribeiro R$ 17.200,00 0,78
Anagé 19.568 Elen Zite Pereira dos Santos R$ 15.000,00 0,77
Itambé 24.901  Eduardo Coelho de Paiva Gama R$ 18.020,00 0,72
Cândido Sales 26.674 Elaine Pontes de Oliveira R$ 19.110,00 0,71
Condeúba 18.191 Silvan Baleeiro de Sousa R$ 10.800,00 0,60
Livramento 46.739 Ricardo Assunção Ribeiro R$ 25.200,00 0,54
Barra do Choça 34.121 Adiodato José de Araújo R$ 17.000,00 0,50
Planalto 26.915 Edilson Duarte Cunha R$ 13.260,00 0,49
Caetité 52.853 Aldo Ricardo Cardoso Gondim R$ 20.000,00 0,38
Iguaí 27.939 Ronaldo Moitinho dos Santos R$ 10.000,00 0,36
Brumado 69.677 Eduardo Lima Vasconcelos R$ 20.000,00 0,29
Guanambi 86.808 Jairo Silva Magalhães R$ 25.000,00 0,29
Poções 48.861 Leandro Araújo Mascarenhas R$ 14.341,05 0,29
Itapetinga 77.533 Rodrigo Hage Costa R$ 12.600,00 0,16
Jequié 162.209 Luiz Sérgio Suzarte Almeida R$ 18.000,00 0,11
Vitória da Conquista 348.718  Herzem Gusmão R$ 19.132,00 0,05
Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

1 comentário em “Maiores salários de prefeitos da região: Conquista é o sexto e o mais alto é o de Livramento

  1. Pingback: Leitores corrigem: prefeito de Livramento ganha mais que o de Guanambi e é o maior salário da região – Blog de Giorlando Lima

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: