Anúncios
Administração Pública Educação

Professores municipais de Conquista entrarão em greve por tempo indeterminado

Insatisfeitos com o andamento das negociações salariais com a prefeitura, os professores municipais de Vitória da Conquista decidiram ontem (quarta-feira, 18) iniciar uma greve por tempo indeterminado, a partir deste sábado, dia 21. A decisão foi tomada em assembleia realizada na Câmara Municipal de Vereadores. Após assembleia, os professores e professoras saíram em caminhada a prefeitura, onde fizeram um apitaço. Segundo o Sindicato do Magistério Público Municipal (SIMMP), “os profissionais da educação protestaram diante da desvalorização profissional, quebra da tabela, achatamento salarial e perda de direitos”.

A greve começará apenas no sábado porque o sindicato está respeitando as 48 horas de aviso prévio sobre a suspensão das atividades escolares, para que os profissionais da educação comuniquem a realização da greve aos estudantes e pais e para que possam prestar esclarecimentos à comunidade diante da luta iniciada.

MEC DEFINIU 6,81%, MAS PREFEITURA OFERECE 2,76%

Para o ano de 2018, o MEC – Ministério da Educação determinou a porcentagem de 6,81% de aumento específico do Piso Nacional do Magistério, no entanto, durante as negociações da Campanha Salarial 2018, a Prefeitura de Vitória da Conquista ofereceu a proposta de reajuste de apenas 2,76%.

Neste momento as principais reivindicações da base são: reajuste do repasse anual do FUNDEB, garantido pela Lei 11.738/2008 que regulamenta o piso salarial nacional dos profissionais do magistério e o cumprimento do Plano de Carreira vigente, além da reestruturação do mesmo, que já não atende as necessidades da categoria.

De acordo com nota publicada no site do SIMMP, “outra importante luta perpassa pela valorização dos profissionais monitores escolares e o seu desmembramento do quadro administrativo. Esses profissionais exercem todas as atribuições de docência em sala de aula, são pagos pelo FUNDEB e não possuem sequer Plano de Carreira próprio”.

O sindicato informa que no sábado (21), será realizada mobilização no CEASA para conscientização da população diante da greve dos profissionais da educação.

Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

0 comentário em “Professores municipais de Conquista entrarão em greve por tempo indeterminado

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: