Anúncios
Administração Pública Educação

Ensino básico de matemática e português na rede pública de Conquista deixa a desejar, segundo Saeb

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram nesta quinta-feira (30) os resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017.  O relatório mostra que no 5º ano do ensino fundamental o Saeb 2017 revelou avanços no desempenho de língua portuguesa e matemática. Nas duas áreas do conhecimento os estudantes brasileiros apresentam nível 4 de proficiência média, o primeiro nível do conjunto de padrões considerados básicos pela Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação. No 9º ano do ensino fundamental também há avanços, porém menores. Ao final dessa etapa os estudantes brasileiros apresentaram nível 3 de proficiência média em ambas as áreas de conhecimento avaliadas, considerado insuficiente pelo MEC. A Escala de Proficiência de Língua Portuguesa é dividida entre os níveis 0 e 9, enquanto a de matemática é entre os níveis 0 e 10.

Os resultados do Saeb 2017 também revelam grandes desigualdades educacionais no Brasil. Nove estados registraram as maiores proficiências médias em ambos os componentes avaliados em todas as etapas avaliadas: Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Outros estados se destacaram por proporcionarem mais ganhos de aprendizagem aos seus estudantes, em ambos os componentes avaliados e em todas as etapas avaliadas, quando se compara as edições de 2017 e 2015. São eles: Acre, Alagoas, Ceará, Goiás, Piauí e Tocantins. Goiás é único estado a compor ambos os grupos.

Sala de aula 1
Segundo o Sistema de Avaliação do Educação Básico houve avanços no desempenho dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática

Vitória da Conquista

Apesar do destaque dado pelo Inep à evolução do nível do 5º ano do ensino fundamental, os resultados do Saeb para Vitória da Conquista não podem ser considerados bons. A evolução não foi significativa na rede municipal, tanto considerando os cinco primeiros anos do ensino fundamental, quanto os quatro anos finais. Ainda assim, o desempenho na prova do 5º ano do ensino inicial é melhor que os resultados da prova do 9º ano. Na avaliação de língua portuguesa, a média (205,8) ficou um pouco acima da média 200 considerada adequada pelo Ministério da Educação. Entretanto, no geral, considerando o cômputo da zona urbana e da zona rural, apenas 5,12% dos alunos tiveram nota acima de 7. Na zona rural, 77,83% ficaram entre nota 0 e 4. Na zona urbana a variação é pequena e 77,37% dos alunos que fizeram a prova tiraram entre 0 e 4.

Em matemática, a média municipal nos cinco primeiros anos do ensino básico se afasta mais daquela esperada pelo MEC, que é 225. Na zona urbana, a média ficou em 213,12, enquanto na zona rural ficou em 208,48, com média no cômputo geral de 212,23. Apenas 6,15% dos alunos obtiveram notas de 7 a 10 na zona urbana e na zona rural o percentual cai para 3,59%, sem nenhum 10. As notas de 4 até 0 chegam 62,23% na zona urbana e 66,21% na zona rural.

Os valores mudam na avaliação dos anos seguintes. A prova aplicada a alunos do 9º ano possibilitou ao município uma média de 246 em matemática e 253,39 em língua portuguesa. As médias consideradas adequadas pelo MEC são 275 para português e 300 para matemática. O desempenho na zona urbana alcançou 248,58 em matemática e 256,74 em língua portuguesa. Na zona rural, 243,08 e 248,98, respectivamente. As notas da prova de matemática na zona urbana e na zona rural são estarrecedoras. No interior do município, 91,10% dos alunos das escolas municipais tiraram de 0 a 4 e apenas 0,28% conseguiram 7 e 8, a maior nota registrada. Na zona urbana, somente 0,19% tiraram 7, a maior nota alcançada, e 90,63% tiveram notas de 0 a 4.

No caso das últimas séries do ensino fundamental o Saeb avaliou também a rede estadual, que ainda mantém algumas escolas desse nível em Vitória da Conquista.  A média em matemática ficou 252,71 e em língua portuguesa, 255,85, um pouco acima das médias do município, mas também abaixo dos valores que o MEC considera adequados. Na soma das notas das escolas municipais e das escolas estaduais, a média fica em 254,87  para língua portuguesa e 250,12 para matemática.

Apesar das médias baixas, no que diz respeito ao 9º ano do ensino fundamental tanto a rede municipal quando a estadual em Vitória da Conquista têm desempenho acima da média geral do estado, que foram: 252,71 em matemática e 255,85 em língua portuguesa.

O Saeb 2017 foi aplicado no período de 23 de outubro a 03 de novembro do ano passado. Participaram 70 mil escolas e mais de 5,4 milhões de estudantes fizeram as provas. Segundo o INEP, 77% dos estudantes brasileiros previstos estiveram de fato presentes na aplicação e 80% das escolas previstas cumpriram os critérios estabelecidos e, portanto, têm seus resultados divulgados no Saeb 2017. Todas as regiões brasileiras têm taxa de participação acima de 70%. Destaca-se a região Nordeste com 79% de estudantes presentes na aplicação. O resultado por escola será divulgado até o dia 30 de setembro. Veja mais sobre o Saeb clicando aqui.

Sala de aula 2
O Saeb avaliou também o 9º ano do ensino fundamental, mas notas não foram boas

RESUMOS

Resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 divulgados nesta quinta-feira, 30 de agosto, pelo MEC e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep):

Vitória da Conquista – Rede Municipal (5º ano)
Matemática: 208,48 (rural); 213,12 (urbana); 212,23 (total)
Língua Portuguesa: 199,78 (rural); 207,24 (urbana); 205,8 (total)

Vitória da Conquista – Rede Municipal (9º ano)
Matemática: 243,08 (rural); 248,58 (urbana); 246,21 (total)
Língua Portuguesa: 248,98 (rural); 256,74 (urbana); 253,39 (total);

Vitória da Conquista – Rede Estadual (9º ano)
Matemática: 252,71  – Língua Portuguesa: 255,85

Vitória da Conquista – Municipal e estadual (9º ano)
Matemática: 250,12 – Língua Portuguesa: 254,87

Estado da Bahia (9º ano)
Matemática: 245 – Língua Portuguesa: 244

Média considerada adequada para o 5º ano fundamental:
Matemática – 225 / Língua Portuguesa – 200
Média considerada adequada Matemática para o 9º ano:
Matemática – 300 /  Língua Portuguesa – 275

Anúncios

2 comentários em “Ensino básico de matemática e português na rede pública de Conquista deixa a desejar, segundo Saeb

  1. Pingback: Ideb: Vitória da Conquista chega perto da meta nas primeiras séries e estagna nas finais do ensino básico – BLOG DE GIORLANDO LIMA

  2. Pingback: Ideb: Vitória da Conquista chega perto da meta nas primeiras séries e estagna nas finais do ensino básico - Blog do Sena- Vitória da Conquista- Bahia

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: