Hoje e amanhã tem concerto do Madrigal do IFBA em Conquista. Música de altíssima qualidade, que vale a pena

Nesta quinta-feira, a partir das 19h30, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no bairro Zabelê, em Vitória da Conquista, vai acontecer uma apresentação especial do Madrigal da instituição. Amanhã o concerto será na Capela Universitária São Vicente de Paulo, no mesmo horário.

O Madrigal do IFBA é um projeto de extensão do Instituto Federal da Bahia, campus Vitória da Conquista, criado em 2008 pelo maestro Marcos Ferreira, seu atual regente, com o objetivo de possibilitar a manutenção da prática musical dos estudantes/coralistas egressos da Instituição. O projeto prioriza a execução do repertório coral acappella e repertório sinfônico que apresentem um grau elevado de dificuldade técnica e musical, focando a pesquisa em torno de compositores brasileiros.

O MAESTRO

Marcos Ferreira é doutor em música pelo Programa de Pós-Graduação em música da UFBA e mestre em música pelo Centro Universitário do Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro. Graduado em Regência e Piano, fez aperfeiçoamento em Regência Coral nos Seminários de Música Pró-Arte, Rio de Janeiro, na classe do Maestro Carlos Alberto Figueiredo.

A SOLISTA

Déborah Cecília é cantora, compositora e atriz. Baiana de Piripá, iniciou seus estudos musicais no IFBA campus Vitória da Conquista, sob a orientação do maestro Marcos Ferreira. Graduou-se em Canto na Escola de Música da UFRJ, na classe do Professor Marcelo Coutinho. Tem atuado em peças teatrais, teatro musical e ópera no Rio de Janeiro, além de participar em grupos vocais. Atuou como cantora e instrumentista nas novelas Tempo de Amar e Segundo Sol, da Rede Globo. Atualmente integra como cantora o Coro de Câmera ProArte e o musical “Frida, Frida, Frida”, e como compositora o Coletivo de mulheres M.O.T.I.M., em cartaz em São Paulo.

 

Maestro e solista
Marcos Ferreira e Déborah Cecília

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente