Anúncios

Violência em Conquista: domingo com três mortos em confronto com a Polícia Militar

Três homens, sendo dois deles detentos do Presídio Nilton Gonçalves beneficiários da saída temporária de Natal, acabaram mortos depois de reagirem à abordagem policial, em Vitória da Conquista. Os primeiros a tombar em tiroteio com uma guarnição da Rondesp, no bairro Copacabana, foram Leandro Santos Cerqueira, conhecido como Léo Ridick, e Ismael Silva de Almeida, ambos estavam usufruindo o saidão. Morreram duas horas depois de terem sido liberados, após confronto com policiais. Outros dois homens, que, segundo o  boletim da PM, estavam com eles fugiram pelos fundos da casa onde se encontravam.

O terceiro a tombar em tiroteio com o Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar, foi identificado apenas como Emerson. As informações disponíveis dão conta de que policiais militares realizavam patrulhamento tático ostensivo no bairro Morada Nova, quando Emerson, ao perceber que seria abordado correu com a arma em punho e entrou em uma casa de onde começou a atirar contra a guarnição e acabou sendo alvejado. Os policiais chegaram a leva-lo ao Hospital Regional de Vitória da Conquista (HGVC), onde foi constatado óbito.

O nome de Emerson não consta da relação dos 184 detentos do Nilton Gonçalves liberados em razão da saída temporária de Natal.

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: