Mensagem de encerramento de ano do governo Herzem Gusmão menciona meta para 2040 e propaga obras que ainda não fez

Postada no site da prefeitura no  dia 1º de janeiro de 2019 e atualizada nesta quarta (2), a mensagem do governo Herzem Gusmão faz um balanço genérico, citando ações visíveis e até investimentos privados, como o Unacon, do Samur, mas deixa de citar obras importantes, realizadas pela atual gestão, como a recuperação asfáltica de várias vias da zona leste da cidade (como a Bartolomeu de Gusmão, Siqueira Campos, Vivaldo Mendes, Rosacruz e Genésio Porto) e da Avenida Alagoas, na zona oeste, por exemplo. A mensagem também deixa de fora a revitalização do terminal de ônibus, cujo projeto está pronto e o dinheiro está em caixa. O início de obra foi anunciado pelo prefeito para este mês.

Em compensação, a assessoria do prefeito Herzem Gusmão colocou na lista algumas obras que ainda são ideias, sequer têm projeto definitivo, como o Parque da Cidade e a revitalização do Rio Verruga. E trata como “revitalização do Cristo de Mário Cravo” a iluminação do monumento, que passou a ser fornecida por uma usina de transformação de energia solar em energia elétrica, por inciativa da empresa privada Solarchio.

O governo também preferiu não tocar no assunto do Ideb ou na política de relacionamento com os servidores. Tampouco houve qualquer menção ao transporte público, considerado em pesquisa o maior problema da cidade, seguindo da eduação e da saúde. Ainda ficaram de fora a cultura e o esporte, assim como as ações na área do desenvolvimento social, setor que desenvolve uma grande gama de ações positivas. A mensagem está depois das fotos.

Asfaltamento da Rua Genésio Porto, na Conquistinha
Implantação de nova drenagem na Avenida Olívia Flores
Governo trata iluminação do Cristo como revltalização da área do monumento

LEIA A MENSAGEM:

Uma jornada só será exitosa se estiver claro aonde se deseja chegar. Afinal, sem um rumo definido, qualquer caminho serve, e os desvios na rota podem fazer com que as metas propostas não sejam alcançadas. Principalmente quando se trata de uma gestão pública municipal que, há 20 anos, estava sendo comandada por um mesmo grupo político.

Por isso, ao assumir a gestão da terceira maior cidade da Bahia, em 2017, o Governo Municipal estabeleceu metas prioritárias e não poupou esforços para que Vitória da Conquista começasse a alcançar novos horizontes e oportunidades. Em dois anos, vários avanços foram observados nas mais diferentes áreas.

Mais de 20 postos de saúde foram reformados, e a oferta de serviços de alta complexidade foi reforçada com a criação da Unidade de Oncologia (Unacon). Os investimentos no Hospital Municipal Esaú Matos passaram a ser constantes, possibilitando reformas e ampliações em sua infraestrutura. Destaque ainda para a entrega da Clínica Municipal de Reabilitação.

Além disso, tivemos mais de 30 escolas reformadas e diversas vias beneficiadas com pavimentação asfáltica e iluminação pública. A atual gestão recuperou a Empresa Municipal de Urbanização (Emurc), reformou o Tiro de Guerra 06-00 e deu início à revitalização do centro comercial.

Para se aproximar ainda mais da população, levando os serviços municipais a todos os cantos da cidade, a gestão atual lançou os programas Prefeitura Móvel e Bolsa Família Móvel. Também investiu na criação do Parque Ambiental e na revitalização do Rio Verruga e do Cristo de Mário Cravo. A Avenida J. Pedral foi entregue, representando um marco na mobilidade urbana da cidade.

Todos esses investimentos e ações foram acompanhados de total transparência, o que rendeu à cidade destaque nacional. Conquista é a primeira colocada no Nordeste na Escala Brasil Transparente (EBT) – Avaliação 360°, e a quarta no país. A escala mensura a transparência da gestão e é uma realização do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

Agora, a gestão começa a escrever um novo capítulo na história de Conquista. Em um exemplo de vontade de política e de compromisso com a eficiência, a Prefeitura executará o planejamento estratégico elaborado por sua equipe e da Fundação Dom Cabral. A iniciativa, adotada em várias prefeituras do país, é pioneira no município.

Os desafios serão a manutenção dos avanços conquistados nos dois primeiros anos e a entrega de obras em andamento. Como, por exemplo, a revitalização da Praça Victor Brito e a drenagem da Avenida Olívia Flores. Também estará em foco a execução de novos serviços, como a reforma da Central Municipal de Abastecimento (Ceasa) e a dinamização de todos os setores da administração municipal.

O governo assegura que Conquista vive um período singular de sua história. Um momento de desafios e mudanças. O planejamento estratégico possibilitará que a cidade alcance um novo e importante patamar de desenvolvimento, sem improvisos na gestão municipal, priorizando as pessoas, a eficiência na resolução dos problemas e a disciplina fiscal.

 

 

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente