Anúncios
Ações Governamentais Polícia Política Violência

Violência toma conta do Ceará e governador Rui Costa envia cem policiais baianos para ajudar na segurança

A violência dos bandidos atingiu patamares inéditos no estado do Ceará, assustando todo o Nordeste e o país. Já são quase 90 ataques no estado desde a noite da última quarta feira (2). Ônibus, vans, lojas, agências bancárias e prédios públicos viraram alvo de bandidos na capital, Fortaleza, e no interior.

Na tarde deste sábado (5), os bandidos atearam fogo em um depósito que armazena carros apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal, em Caucaia. No mesmo município, pela manhã, um grupo incendiou um caminhão que transportava frango. Duas mil aves foram queimadas vivas.

Em Jijoca de Jericoacoara, a 300 quilômetros de Fortaleza, um ônibus foi queimado. Em Massapê, no Norte do Ceará, seis vans que faziam o transporte intermunicipal de passageiros também foram incendiadas.

Até agora, segundo Jornal Nacional e o G1, 86 pessoas foram detidas e 72 presos, que cumprem pena em penitenciárias do estado, também foram autuados por suspeita de participação nos crimes. Para tentar conter a onda de ataques, a Força Nacional de Segurança foi enviada por ordem do Ministro da Justiça, Sérgio Moro, a pedido do governador do Ceará, Camilo Santana (PT). Cerca de 300 agentes chegaram a Fortaleza de sexta-feira para sábado.

A cúpula da segurança pública do Ceará se reuniu para definir estratégias de atuação das polícias locais e dos agentes da Força Nacional de Segurança que chegaram ao estado. Eles começaram a ir para as ruas na noite deste sábado. O estado da Bahia também está mandando reforço. Cem policiais militares baianos devem chegar ainda neste sábado para permanecer durante o período de crise.

A decisão do governador Rui Costa saiu no Diário Oficial do Estado deste sábado (05), em forma de decreto. Os policiais baianos ficam à disposição no Ceará até o dia 20 deste mês de janeiro. Segundo o decreto do governador, o soldo aos PMs continuará a ser pago pelo Governo do Estado da Bahia, cabendo ao Estado do Ceará pagar as verbas indenizatórias.

Rui Costa enviou cem homens experientes da PM baiana para ajudar a debelar a violência no Ceará.
Anúncios

1 comentário em “Violência toma conta do Ceará e governador Rui Costa envia cem policiais baianos para ajudar na segurança

  1. A iniciativa e louvável, mas não podemos esquecer que o governador do Ceará tem que chamar a responsabilidade para ele. tem que elevar o moral da tropa cearense para motivar a fazer um bom trabalho.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: