Anúncios
Geral

Depois do registro de 172 assassinatos em 2018, primeira semana de 2019 sinaliza um ano menos violento em Conquista

No ano passado foram registrados 172 homicídios em Vitória da Conquista, isso dá, em média, praticamente um assassinato a cada dois dias. Morreu mais gente que em 2017 (168 mortes), mas não foi o ano mais violento dos últimos 16 anos, em 2016 foram 209 homicídios e em 2010 foram 216, provavelmente o pior ano na história de Vitória da Conquista. Para 2019, pelos sinais deste começo de ano prevê-se que os crimes violentos letais intencionais (CVLI) manterão a tendência de queda registrada no segundo semestre do ano passado, quando houve uma redução de 42% em relação ao semestre anterior e de 27,5% em relação ao mesmo período de 2017.

Os resultados da área sob a responsabilidade do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPRSO) são ainda mais notáveis. No ano todo a redução, comparando com 2017, foi de 18,1% e no segundo semestre foi de 34,5% ante o mesmo período do ano anterior. A CPRSO comanda a Região Integrada de Segurança Pública (RISP) formada pela Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) de Vitória da Conquista, Jequié, Brumado, Guanambi e Itapetinga. Em todas ocorreram redução dos CVLI, à exceção de Brumado. A AISP de Vitória da Conquista teve queda de 25,6% no semestre e de 9,2% no ano.

Neste começo de ano, ocorreram três homicídios na região Sudoeste, sendo dois em Jequié e um em Barra do Choça, e até as 15h40 desta segunda-feira (7) nenhum foi registrado em Vitória da Conquista. No ano passado, no mês de janeiro, foram 11 assassinatos no município e em 2017 oito. Este é um fenômeno que vem se registrando em Conquista nos últimos anos: nos anos pares aumenta a quantidade de CVLI (homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte). Desde 2003, isso só não ocorreu duas vezes, em 2005, quando o número de assassinatos foi igual ao ano anterior, e em 2006, quando diminuiu (veja a tabela abaixo).

A manter-se a tendência da primeira semana do ano, 2019 pode ser um ano menos violento. As autoridades policiais asseguram que PM e Polícia Civil estão trabalhando para isso. 20190107_151803

Anúncios

1 comentário em “Depois do registro de 172 assassinatos em 2018, primeira semana de 2019 sinaliza um ano menos violento em Conquista

  1. Pingback: Polícia comemora queda da violência. Foram cinco assassinatos em janeiro, 50% menos que em 2018 e redução de 36% em seis meses – BLOG DE GIORLANDO LIMA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: