Anúncios
Administração Pública

Depois de um mês parada obra da Olívia Flores deve recomeçar esta semana. Projeto prevê transformação de rótulas em cruzamentos com semáforo

Sem maiores explicações, prefeitura parou a obra, que já deveria ter ficado pronta em 2017. A retomada está anunciada para esta semana e o novo prazo para conclusão é junho deste ano. Além do asfalto novo, a avenida terá novas calçadas com acessibilidade, canteiros revitalizados. ciclovia, iluminação de led e cruzamentos, em lugar das rótulas atuais.

Quando o atual governo municipal entrou, encontrou recursos em conta própria da prefeitura na Caixa Econômica Federal para diversas obras em áreas que vão da educação e saúde à infraestrutura. Para realizar várias dessas obras, foi escolhida, por dispensa de licitação, por ser empresa pública municipal, a Empresa Municipal de Urbanização (Emurc). Entre os contratos que a empresa ganhou, em junho de 2016, está a execução de melhorias na Avenida Olívia Flores, uma das mais importantes de Vitória da Conquista. A obra está vinculada ao Contrato de Financiamento nº 0412196-71/2014, assinado entre a prefeitura e o Ministério das Cidades, dentro do PAC 2, ainda no governo de Guilherme Menezes (PT).

O valor inicialmente orçado para as obras era de R$ 10.905.378,64 , cabendo à prefeitura entrar com uma contrapartida (participação no pagamento da obra) de R$ 545.268,93.  Entretanto, apesar do dinheiro em conta e o contrato assinado, a Emurc não pôde iniciar o serviço, alegando falta de caixa. Como o contrato venceu sem que a obra tivesse sido iniciada, em dezembro de 2017 o prefeito Herzem Gusmão autorizou uma aditivo de prazo e estendeu o contrato até o dia 31 de dezembro do ano passado. O prazo para a execução da obra seria de 180 dias (seis meses) contados a partir da data da aditivação do contrato, mas a Emurc só começou os trabalhos no dia 23 de julho, depois de vários adiamentos.

A recontagem do prazo levou a expectativa das reformas na Olívia Flores (trecho entre a AABB e a rótula da Coelba, no Inocoop II) para o final deste mês de janeiro, mas as dificuldades financeiras da Emurc e, segundo a prefeitura, pela necessidade de ajustar o projeto arquitetônico e fazer o reequilíbrio do projeto, que teria sido orçado há mais de três anos, a obra parou antes do Natal, depois de muita lentidão, concluindo apenas a parte da colocação dos novos tubos de drenagem.

Agora, segundo a Emurc e a Secretaria de Mobilidade Urbana, a previsão é de que no São João a população tenha uma nova avenida, com calçadas revitalizadas, com piso táctil e acessos especiais, ciclovia, reorganização dos estacionamentos, paisagismo, modernização da iluminação (com luz de led na ciclovia) e, claro, asfalto novo. As grandes novidades serão: a extinção de duas rótulas (na altura da Avenida Brasil e da Luís Eduardo) – que darão lugar a cruzamentos normais, com sinalização por semáforos -, e o fim de retornos, aumentando a extensão dos canteiros e as vagas de estacionamento.

É esperar para ver. O projeto completo não foi apresentado à sociedade. O BLOG teve acesso a informações em mais de uma fonte. A verdade é que há uma grande desconfiança da população em relação aos anúncios feitos para administração municipal. Garantir a entrega da nova Olívia Flores no meio deste ano, com as mudanças projetadas, será uma ajuda fundamental para o resgate da imagem política do prefeito Herzem Gusmão, muito desgastada depois de inúmeras polêmicas e ações confusas nestes dois anos de governo.

 

 

 

Anúncios

0 comentário em “Depois de um mês parada obra da Olívia Flores deve recomeçar esta semana. Projeto prevê transformação de rótulas em cruzamentos com semáforo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: