Educação sexual: em Vitória da Conquista, adolescentes receberão orientação da secretaria de Saúde nos finais de semana

Seguindo a recomendação nacional, as unidades de saúde de Vitória da Conquista iniciaram, no sábado (2), a Semana do Adolescente, com o objetivo é alcançar o público jovem e mudar uma realidade brasileira: o índice de gestação precoce, que é superior à média internacional. Segundo dados da ONU, o Brasil registra 68,4 nascimentos para cada mil adolescentes com idade entre 15 e 19 anos. A proposta leva em consideração que a educação sexual é fundamental para evitar gravidez na adolescência e infecções sexualmente transmissíveis.

“A gente tem o costume de trabalhar com os adolescentes saindo da unidade de saúde, indo nas escolas, por exemplo. Esse foi um desafio, desenvolver uma ação especifica pra eles, dentro da unidade. Nossa expectativa é criar esta cultura, para que eles não procurem o serviço apenas com a suspeita de uma doença ou de uma gravidez, mas que passem a ter a perspectiva de prevenir”, explica a enfermeira Luíla Bittencourt, da Unidade de Saúde da Família do bairro Pedrinhas, onde aconteceu a primeira edição do projeto no município.

O convite foi realizado aos adolescentes por meio dos agentes de saúde do bairro e da associação de moradores. Ao longo da manhã de sábado, foram realizadas rodas de conversa sobre sexualidade, métodos contraceptivos, prevenção de doenças e infecções sexualmente transmissíveis; orientação nutricional, de planejamento familiar e de saúde bucal; avaliação arterial e antropométrica; e testes rápidos.

Uma das participantes, a estudante Kailane Santana, de 14 anos, achou a proposta bastante interessante. “Muitos adolescentes estão confusos, alguns ligados ao crime, à prostituição, e não tem dentro de casa o apoio dos pais. Necessitam muito de momentos como esses, ”, afirma.

A proposta da Secretaria Municipal de Saúde é que, nos próximos finais de semana, a ação aconteça em outras unidades de saúde.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente