Anúncios
Ações Governamentais Administração Pública Cidades

Belo Campo: Gestor ambiental critica diminuição do verde na reforma da Praça Napoleão Ferraz

O gestor ambiental Antonio Gomes da Silva Neto, que foi vereador e candidato a vice-prefeito de Belo Campo, nas eleições de 2008 e 2012, questiona a reforma da Praça Napoleão Ferraz, uma das principais da cidade, em um aspecto: a aridez. Segundo ele, o local ficou árido, com poucas árvores e menos verde do que tinha antes. Segundo Netinho, como é conhecido, as áreas verdes urbanas são de grande importância econômica, ambiental e paisagística em uma cidade, por isso nada justifica a diminuição da área verde da praça. “Com a atual reforma, temos uma nova praça, afinal a praça é nossa, com menos verde, poucas arvores, que perdem espaço para o concreto trabalhado”, comenta ele.

De acordo com Netinho, com a redução da área verde ficou a impressão de mais espaço, facilitando o acesso e a utilização para outros fins, “mas, ele questiona, qual é a finalidade de uma praça com área verde?”, e em seguida responde: “Na atualidade, problemas como poluição do ar e da água, ruídos em excesso, desmatamentos e outros, tem deixado sérios prejuízos à saúde física e mental da população. Aliado a tudo isso vem, o aumento populacional e a expansão das cidades, com ausência de políticas públicas eficazes, capazes de ordenar este crescimento. Uma cidade acolhedora ambientalmente para a ocupação humana é o que precisamos”.

O técnico em gestão ambiental diz que é louvável a arte e a arquitetura utilizadas nesta reforma, mas, deixam marcas de um “embelezamento artificial”, com contornos de verde junto ao concreto trabalhado. Para ele, “a pouca paisagem verde se destaca por ser natural, porém, nada disso se justifica a supressão de áreas verdes, no mínimo deveria se conservar ou preservar a quantidade do verde natural da praça anterior”.

Antonio Neto destaca que “o desenvolvimento sustentável ganha espaço em vários ambientes e com a atual evolução dos problemas ambientais, temos o desafio de avançar no melhoramento do perfil ambiental da cidade, que tem o emblemático nome de Belo Campo, “sugestivo e com conotação de ser belo”. Para tanto, ele propõe que a população, as organizações, a administração pública, as empresas locais e outros se posicionem quanto ao significado do nome Belo Campo. “Precisamos ter ciência da importância e manutenção deste nome e implementar uma gestão ambiental eficiente e eficaz para valoração cada vez maior do sentido do nome de nossa cidade”.

PRAÇA ANTES:

PRAÇA DEPOIS:


FOTOS ENVIADAS PELO WHATSAPP POR ANTONIO GOMES DA SILVA NETO

Anúncios

0 comentário em “Belo Campo: Gestor ambiental critica diminuição do verde na reforma da Praça Napoleão Ferraz

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: