Associação de Docentes da Uesb considera possibilidade de greve para abril

Em assembleia da Associação de Docentes da Uesb (Adusb) realizada ontem (quinta-feira, 14), em Jequié, professoras e professores voltaram a reclamar da política do governo do Estado para as universidades estaduais, citando congelamento salarial, aumento da previdência, ataques ao Estatuto do Magistério Superior e às universidades estaduais e apresentou disposição para construção de greve em abril, conforme indicativo do Fórum das associações de docentes das universidades estadual da Bahia. Além da pauta estadual, também foram debatidas ações contra a reforma da previdência e fortalecimento do 8 de março.

De acordo com informe no site da Adusb, “todas as falas da assembleia indicaram a necessidade de demarcar que o movimento docente não tolerará o cenário político imposto pelo governo Rui Costa. São três anos de tentativas de negociação sem sucesso, com perdas salariais que já ultrapassam os 26%. Além disso, a contribuição previdenciária foi ampliada de 2% para 4%.” Para a Adusb o Estatuto do Magistério Superior tem sido desrespeitado e desmontado, citando, ainda, o fato de a licença sabática ter sido extinta, a carga horária mínima do regime de dedicação exclusiva alterada e promoções, progressões e dedicação exclusiva represadas.

Segundo a Adusb, será elaborado um documento com as perdas  da categoria desde 2015, a ser discutido nas reuniões departamentais, e comissões de mobilização locais serão formadas para organizar atividades nos três campi da universidade. A diretoria da entidade que representa os docentes da Uesb levará ao Fórum das ADs a sugestão da assembleia de antecipação do calendário de mobilizações proposto, de forma a antecipar a pauta da deflagração da greve.


FOTO: REUNIÃO DA ADUSB EM JEQUIÉ (DIVULGAÇÃO)

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente