Polêmica da rotatória do aeroporto de Conquista: vereador protesta em vídeo e manda recado para a “senhora” errada

Nessa polêmica sobre a rotatória de ligação da BR 116 até a via de acesso ao novo aeroporto de Vitória da Conquista, quatro coisas não podem ser negadas: 1. Houve negligência do governo federal e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT); 2. O governo estadual está buscando as condições para que o aeroporto, tão esperado – e que já está pronto – possa funcionar; 3. De fato, há mais risco de acidentes na rodovia com uma rotatória – anunciada como provisória – do que com um viaduto; 4. o secretário municipal, Ivan Cordeiro, por convicção ou estratégia de marketing (ou as duas juntas), levantou a bandeira certa, na hora certa, chamando à ribalta as pessoas certas.

Ivan Cordeiro, graduado em Administração de Empresas, candidato a vereador em 2016 e dirigente do PSDB local, tem sido o mais constante e ferino opositor Rui Costa e do PT em Vitória da Conquista, especialmente com postagens nas redes sociais e artigos provocadores em blogs. Tem sua primeira experiência em administração pública, tendo sido secretário de Serviços Públicos, em gestão elogiada, e agora responde pelas mudanças no trânsito da cidade (binários, faixas de pedestres, redirecionamentos de vias, pavimentação, etc.) e pelo transporte coletivo. Estuda sobre desenvolvimento urbano e sobre política, voraz leitor dos livros de Fernando Henrique Cardoso e, segundo ele mesmo, do filósofo Luiz Felipe Pondé, da PUC/SP.

Ivan foi o primeiro a reclamar da decisão do governo federal, anunciada pelo governador Rui Costa – já que o estado da Bahia é quem toca a obra – de construir uma rotatória provisória na BR 116 para dar acesso ao aeroporto, ao invés do viaduto constante no projeto original. Ivan usou as redes sociais com textos e com o vídeo de uma entrevista que deu ao programa Sudoeste Agora, da Clube FM, em que chama a rotatória de guilhotina ou de “rotatória da morte”. As manifestações do secretário municipal renderam milhares de visualizações e dezenas de reações e comentários no Facebook. Até o governador Rui Costa se sentiu impelido a falar do assunto, dando, claramente, uma resposta à campanha puxada por Ivan Cordeiro (veja os dois vídeos no fim desta matéria).

Depois de Ivan, outros políticos também criticaram a construção da rotatória. A oposição, colocando a culpa sobre o governador Rui Costa, despreza parte da realidade – já que o governo baiano vem solicitando o viaduto há quase quatro anos – e livra a cara da ANTT. O próprio prefeito Herzem Gusmão, que – demonstrando entender a importância do funcionamento do novo aeroporto para o desenvolvimento de Conquista e região – disse em entrevista na Band FM ser a favor a rotatória (com a condição de ter grandes quebra-molas dos dois lados da rodovia e a presença constante da Polícia Rodoviária Federal), esteve em Brasília cobrando o viaduto, inclusive com o apoio do ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima.

Em outubro de 2017, Herzem encontrou-se, pessoalmente, com o então ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil do governo Temer, Maurício Quintella, quando reivindicou a construção do equipamento e recebeu a promessa de que seria atendido. A mesma demanda o prefeito levou a reunião com com executivos da Via Bahia, em Salvador, no dia 30 daquele mês. Mas, apesar do esforço do prefeito, assim como do governador, a ANTT não liberou o viaduto, apenas a rotatória, que deve ser temporária e já virou polêmica.

Como foi dito na abertura da matéria, Ivan Cordeiro age por convicção ou por marketing ou pela duas coisas juntas, já que a preocupação com a possibilidade de acidentes é natural e se trata de pessoa muito inteligente. Com a campanha, ele abriu o caminho para outros nomes, como o vereador Pastor Sidney e o ex-candidato Francisco Dantas Estrela. Todos pegando uma ponga, muito legítima, na cauda do avião da polêmica que Ivan Cordeiro fez decolar e reforçando a campanha pela construção imediata do viaduto, com o argumento de que evitará acidentes e mortes, cujo risco é muito maior com uma rotatória.

A curiosidade ficou por conta da fala do vereador Sidney Oliveira e de uma faixa que ele colocou próximo ao acesso ao aeroporto, cobrando “viaduto já” da “senhora Anac e do senhor governador”. A Anac é a Agência Nacional de Aviação Civil. E obras em rodovias não são da alçada dela, que tem o papel de promover a segurança da aviação civil e estimular a concorrência e a melhoria da prestação dos serviços no setor, ou seja, cuidar da operação aérea comercial e civil em território nacional. A assessoria do Pastor Sidney – cuja reivindicação é justa e legítima, o BLOG reitera – apresentou ao vereador a senhora errada. Estradas, como a BR 116, são de responsabilidade da ANTT, outra senhora.

VEJAS OS VÍDEOS DE IVAN, DO GOVERNADOR RUI COSTA E DO PASTOR

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente