Retrospecto contra o Bahia é largamente desfavorável para o Vitória da Conquista, mas em casa dá para ganhar

Desde que começou a participar do Campeonato Baiano da primeira divisão, em 2007, ECPP Vitória da Conquista e Bahia fizeram 25 jogos (salvo estatística oficial distinta), com 16 vitórias do time da capital (64%) e quatro do Bode (16%). Foram cinco empates (20%). Todas as vitórias do alviverde conquistense foram no estádio Lomanto Júnior: 2007 (2 a 0), 2012 (1 a 0) e (2 a 0 e 3 a 0). Em casa o Vitória da Conquista empatou três: 2008 (0 a 0), 2011 (2 a 2) e 2013 (1 a 1). As derrotas no Lomanto aconteceram em 2008 (1 a 2); 2009 (0 a 2); 2010 (1 a 2); 2012 (1 a 2); 2014 (2 a 3) e 2017 (0 a 1).

Na últimas cinco partidas entre os dois times, em 2015, 2017 e 2018 – em 2016 eles não jogaram pelo Campeonato Baiano -, foram três vitórias do Bahia, incluindo duas goleadas (final de 2015, 6 a 0, e no ano passado, 6 a 1). E o Vitória da Conquista levou a melhor em duas, 2 a 0 e 3 a 0 em 2015, ano que o time foi vice-campeão. Na soma 12 gols tomados e sete marcados.

Para o jogo de domingo o Bode vai com reforço, com as contratações do meia Patuta, que teve passagens pelo Guarany de Sobral, Tiradentes, Fortaleza e Iguatu, todos do Ceará; do experiente atacante Tety,  de 34 anos, que jogou Tocantinópolis (TO), Botafogo (DF) e Patrocinense (MG) e do meia atacante Paulinho Le Petit, que já jogou pelo Vitória da Conquista em 2016 e estava no Veranópolis, do Rio Grande do Sul.

Já o Bahia não confirmou se manterá a equipe B, com a qual fez os demais jogos do Baianão deste ano. Segundo o jornal Correio de 13 de janeiro, “o presidente Guilherme Bellintani não confirmou até quando usará o time B no Baianão e o principal nas copas do Nordeste e do Brasil: “Não diria que a gente disputará todo o Baiano com o time B, ainda não fechamos questão quanto a isso. Depende da tabela. Mas os primeiros jogos com certeza serão com o time B”.

O time da capital tem oito pontos na tabela e ocupa a terceira posição, atrás do Vitória, com quem ainda não jogou neste torneio, e do Bahia de Feira, para quem perdeu em casa por 3 a 2. O ECPP está em quinto lugar, com sete pontos, duas vitórias, um empate e duas derrotas, para Vitória (1 a 0) e Bahia de Feira (3 a 0) nos dois primeiros jogos da competição. Se vencer o Bode pode subir para a terceira colocação. Com o empate, também dependendo do jogo do Fluminense fora de casa, com o Jequié, também entra no G4. Mas, ninguém – no time, na diretoria e na torcida – pensa em outra coisa que seja a vitória.

Time treinou forte e vai com confiança para cima do Bahia (Foto: Luciana Flores/site do ECPP)

A partida será começa a partir das 17 horas, com arbitragem de Bruno Pereira Vasconcelos, auxiliado por Alessandro Matos e Elicarlos Franco de Oliveira, todos de Salvador. O quarto árbitro será Joedson de Jesus Oliveira, de Conceição de Feira. Ingressos (sábado e domingo): R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia) para o setor da arquibancada e R$ 60,00 (inteira) R$ 30,00 (meia) para o setor das cadeiras. Nesta sexta ainda dá para comprar por R$ 20,00 (arquibancada) e R$ 40,00 (cadeira cativa).

RETROSPECTO ECPP vs BAHIA

  CASA (13 jogos) % FORA
(12 jogos)
% GERAL
(25 jogos)
%
VITÓRIAS 4 31%     4 16%
EMPATES 3 23% 2 16,66 5 20%
DERROTAS 6 46% 10 83,33 16 64%

TOTAL – 25 PARTIDAS

PLACARES EM CASA

  1. 2007 – Vitória da Conquista e Bahia (2 a 0)
  2. 2008 – Vitória da Conquista e Bahia (1 a 2)
  3. 2008 – Vitória da Conquista e Bahia (0 a 0)
  4. 2009 – Vitória da Conquista e Bahia (0 a 2)
  5. 2010 – Vitória da Conquista e Bahia (1 a 2) – 4.539 pagantes
  6. 2011 – Vitória da Conquista e Bahia (2 a 2) – 6.610 pagantes
  7. 2012 – Vitória da Conquista e Bahia (1 a 2) – 1.308 pagantes
  8. 2012 – Vitória da Conquista e Bahia (1 a 0) – 4.859 pagantes
  9. 2013 – Vitória da Conquista e Bahia (1 a 1) – 8.744 pagantes
  10. 2014 – Vitória da Conquista e Bahia (2 a 3) – 5.094 pagantes
  11. 2015 – Vitória da Conquista e Bahia (2 a 0) – 5.726 pagantes
  12. 2015 – Vitória da Conquista e Bahia (3 a 0) – 8.369 pagantes
  13. 2017 – Vitória da Conquista e Bahia (0 a 1) – 2.974 pagantes

PLACARES FORA

  1. 2007 – Bahia e Vitória da Conquista (2 a 1)
  2. 2008 – Bahia e Vitória da Conquista (2 a 1)
  3. 2008 – Bahia e Vitória da Conquista (5 a 0)
  4. 2009 – Bahia e Vitória da Conquista (4 a 1)
  5. 2010 – Bahia e Vitória da Conquista (3 a 0)
  6. 2011 – Bahia e Vitória da Conquista (4 a 0)
  7. 2012 – Bahia e Vitória da Conquista (2 a 0)
  8. 2012 – Bahia e Vitória da Conquista (1 a 0)
  9. 2013 – Bahia e Vitória da Conquista (1 a 1)
  10. 2014 – Bahia e Vitória da Conquista (1 a 1)
  11. 2015 – Bahia e Vitória da Conquista (6 a 0)
  12. 2018 – Bahia e Vitória da Conquista (6 a 1)

FOTO DESTAQUE: TORCIDA NO LOMANTÃO NO 3 A 0 DO PRIMEIRO JOGO DA FINAL DE 2015 (JÉSSICA SANTANA/FUTEBOLBAIANO.ORG)

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente