Polêmica da rotatória: O mais importante é inaugurar o aeroporto. (Por José Maria Caires)

José Maria Caires, é empresário e articulador do movimento Conquista pode voar mais alto, que há dez anos está à frente da luta para tornar o sonho do novo aeroporto na realidade que é hoje. Segundo ele, politizar a questão da rotatória de acesso da BR 116 é atrasar – ainda mais – um projeto fundamental para impulsionar o desenvolvimento de Vitória da Conquista e região. Leia o artigo que José Maria escreveu sobre o assunto.

 

Tem se polemizado muito sobre o acesso ao novo aeroporto de Vitória da Conquista, e é lamentável que esse acesso seja entrave para colocar esse equipamento em funcionamento.

Conquista tem carências de viadutos, todo mundo sabe, diferente de outras cidades, a exemplo de Feira de Santana em que sobram viadutos. O Centro industrial de Vitória da Conquista padece de um e lá centenas de acidentes já ocorreram, porém, nos últimos anos não mais, em função da colocação de um radar nas imediações. O bairro Lagoa das Flores sofre do mesmo mal e nada se fez e nem se faz. A Urbis VI é outro caso grave, que também não se soluciona. E o acesso ao Atacadão é mais um caso idêntico.

Evidente que não vejo a rotatória do aeroporto Glauber Rocha como das melhores opções e nem como a solução mais adequada e definitiva, mas, no momento é a possível, para que tenhamos nosso aeroporto em funcionamento, sob pena de ficarmos mais uma década sem aeroporto em Conquista. Até porque um viaduto agora precisava prever a futura duplicação, sob pena de perder o pretenso viaduto, caso o faça sem a previsão da melhoria que virá.

Ocorre que a solução definitiva nós não temos cobrado com efetividade, que são as obrigações da Via Bahia, que, com a cobrança dos pedágios deve fazer, como contrapartida, a duplicação do trecho das proximidades de Vitória da Conquista, isso desde 2014. Mas a concessionária, embora cobrando pedágios, não tem feito sua parte. Busca judicialmente postergar suas obrigações sob alegação de inconsistências em clausulas contratuais.

A solução é: duplicação da BR 116 com todos viadutos e alças previstas e necessárias para a segurança das pessoas. Isso a sociedade não tem cobrado.  Não é justo que fiquemos politizando o aeroporto, cuja falta tem sido entrave para o crescimento de nossa cidade e região.

Vamos cobrar, sim, inaugurar o aeroporto e cobrar também a duplicação da BR 116, com os viadutos.

CONQUISTA PODE VOAR MAIS ALTO.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

3 thoughts on “Polêmica da rotatória: O mais importante é inaugurar o aeroporto. (Por José Maria Caires)

  1. Ou seja , custe o custar ainda que as tragédias anunciadas da rotatória da morte aconteça , pois para eles as vidas vale menos do que do e ego e os interesses políticos . Lamentável e repugnante

  2. É de se admirar muito, o que esse grande empresário Zé Maria faz em prol de uma Vitória da Conquista sempre mais evoluída, é uma pena que coisas tão simples e fáceis de serem resolvidas atrapalham o progresso para com um todo. É meu caro amigo, é aquilo que eu falo e defendo sempre: “Quando complexamos demais as coisas, as mesmas não andam !” temos que sermos mais simples, para que projetos grandes se tornem realidade e o tão almejado futuro promissor nos alcance o quanto antes. Obs. Esse é apenas o meu ponto de vista, não me considero nunca, nenhum dono da verdade.

Comente