Anúncios
Eleições Política

Há três anos Herzem Gusmão obtinha sua primeira vitória contra o PT de Vitória da Conquista, no TSE

Era uma quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016, quando o atual prefeito de Vitória da Conquista teve o seu primeiro ato real de pré-campanha a prefeito de Vitória da Conquista. Liberado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), depois de ter tido os direitos políticos cassados por oito anos, em decisão do Tribunal Regional Eleitoral, do dia 26 de agosto de 2014, por uso indevido de meio de comunicação (rádio), nas eleições municipais de 2012, Herzem Gusmão (MDB) foi recebido com festa pelos correligionários no aeroporto Aeroporto Pedro Otacílio Figueiredo, em Vitória da Conquista.

Mesmo com a posição do TRE baiano, Herzem havia sido candidato a deputado estadual, ficando na primeira suplência, e, sob liminar da ministra Luciana Lóssio, do TSE, assumiu o mandato no dia 3 de março de 2015, na vaga provisoriamente deixada por Bruno Reis, que foi nomeado secretário de Salvador por ACM Neto.

A decisão do TSE garantindo a Herzem o direito de ser candidato foi tomada no dia 23 de fevereiro de 2016. A maioria do tribunal o inocentou das acusações de campanha antecipada nas eleições em 2011 e 2012, considerando que ele não abusou da condição de radialista para promover a própria pré-candidatura, como alegado pela coligação Frente Conquista Popular, que tinha o ex-prefeito Guilherme Menezes à frente. Foram 5 votos a 2 acatando o recurso do emedebista. Herzem fazia o programa Resenha Geral na Rádio Clube FM (95,9), com retransmissão pela Rádio Regional AM.

No aeroporto, há três anos, Herzem discursou: “Diziam em 2014 que eu não poderia ser candidato. Depois, disseram que se eu fosse candidato, não poderia ser votado. Se fosse votado, os votos não apareceriam. Se os votos aparecessem, eu não poderia ser eleito. Se eu fosse eleito, não poderia tomar posse. Se eu tomasse posse, eu não ficaria no cargo. E essa mentira toda me prejudicou, mas estou aqui e o TSE fez justiça. Deus é fiel!”.

Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

0 comentário em “Há três anos Herzem Gusmão obtinha sua primeira vitória contra o PT de Vitória da Conquista, no TSE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: