Anúncios

Embasa de Conquista aumenta frota de veículos especializados em manutenção da rede de esgotos

Com o objetivo de reforçar a operação e manutenção do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Vitória da Conquista. a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), adquiriu mais um caminhão especializado na correção de problemas na rede de esgotos. O veículo, equipado com sistema hidrojato-sugador, custou R$ 250 mil e foi entregue esta semana à Unidade Regional da Embasa de Vitória da Conquista. A Embasa mantém quatro caminhões combinados de grande porte e outros quatro jatinhos operando no município.

Os equipamentos do veículo possibilitam a realização de serviços preventivos e corretivos com a utilização de jateamento em alta-pressão e sucção durante a manutenção e limpeza das unidades operacionais como estações de bombeamento, estação de tratamento e rede coletora. O tanque bi-partido com capacidade total de 11 mil litros possui volume distribuído em sete mil litros de água para utilização do hidro-jato e quatro mil litros para armazenamento da sucção de resíduos.

De acordo com o gerente regional, Joselito Pires, a aquisição do veículo proporcionará maior agilidade no atendimento das solicitações da população. “A Embasa investe na modernização dos seus equipamentos para que os serviços prestados pela empresa sejam executados com maior agilidade”, comenta.

Nos últimos dez anos, os investimentos em esgotamento sanitário somam cerca de R$180 milhões e contribuem para ampliar a cobertura dos serviços de esgotamento sanitário de 54% para 92% dos domicílios da cidade. Além disso, a empresa continua realizando obras de adensamento para garantir acesso ao serviço a moradores de diversos bairros. Como resultado, atualmente, Vitória da Conquista é considerado o quarto município mais bem saneado entre os 100 maiores do país, segundo ranking divulgado anualmente pelo Instituto Trata Brasil.

O SES de Vitória da Conquista é constituído por aproximadamente 700 km de rede coletora, 22 estações de bombeamento e uma das maiores estações de tratamento localizadas na região Nordeste do país com capacidade para tratar 533 litros por segundo pelo método de lodo ativado.


COM TEXTO E FOTOS DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DO ESCRITÓRIO LOCAL DA EMBASA

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: