Anúncios
Administração Pública Política

No mês da mulher | Eram oito, agora são três. Com saída de Tina Rocha mulheres perdem espaço no primeiro escalão do governo

Mais uma baixa feminina no governo Herzem Gusmão, a terceira em menos de 45 dias. Depois de Lu Macário, que saiu da Secretaria de Comunicação, e Selma Oliveira, que se afastou da Educação, ambas em 31 de janeiro deste ano, Tina Rocha, que era a secretária de Cultura, também pediu para sair do cargo. Mas, assim como Lu Macário, ela permanece no governo e assumirá a função de Secretária Executiva do Fundo Municipal de Educação, cargo ligado à Secretaria Municipal de Educação.

Quando assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017, Herzem nomeou quatro secretárias (Ceres Almeida na Saúde, Marivone Batista em Finanças, Tina Rocha na Cultura e Irma Lemos em Desenvolvimento Social). Um mês depois, entrou Luzia Vieira, no Meio Ambiente, em agosto do mesmo ano Lu Macário assumiu a Comunicação e em maio do ano passado, Silvana de Cássia Alves estava na Administração.  Marivone saiu logo, em maio de 2017. Ceres saiu em junho do ano passado e Silvana em agosto. Antes das duas últimas saírem, Geanne Oliveira foi nomeada secretária de governo.

Eram oito mulheres em cargos do primeiro escalão do governo municipal em agosto do ano passado, quase metade do total de secretarias, que são 17. O prefeito Herzem Gusmão chegou a fazer foto com todas e dizer que o seu governo foi o que mais acreditou e prestigiou a força da mulher e que tantas secretárias era “algo jamais visto na história de Conquista”. Herzem chegou a dizer que ainda poderia colocar mais mulheres no primeiro time da administração. Mas, não aconteceu. Hoje são apenas três: Geanne Oliveira, Luzia Vieira e Irma Lemos, que também é vice-prefeita.

Herzem faz pose com as oito mulheres que tinha no governo até o ano passado

Por uma frase atribuída ao secretário da Comunicação, Diego Gomes, publicada no Blog do Anderson, Herzem estaria procurando outra mulher para o lugar de Tina Rocha: “Procurado pelo BLOG DO ANDERSON, Diego Gomes Rocha, secretário municipal de Comunicação e também da Transparência e do Controle, disse que ainda não tem previsão para a chegada *da titular* para gerir a  Cultura, o Turismo, o Esporte e Lazer na Capital do Sudoeste Baiano”, relata Anderson. A cantora Andrea Cleoni teria sido convidada, mas não aceitara.

Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

0 comentário em “No mês da mulher | Eram oito, agora são três. Com saída de Tina Rocha mulheres perdem espaço no primeiro escalão do governo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: