Anúncios

Gutemba Vieira abriu comemorações pelos 80 anos de Glauber Rocha que ainda terá presença de Ivana Bentes

Na noite de quinta-feira, dia 14, data que Glauber Rocha completaria 80 anos, foi aberta uma celebração à trajetória do cineasta conquistense, reconhecido internacionalmente como criador do Cinema Novo, estilo que foi um marco nos anos 1960/70. A promoção é da Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura.

A programação começou com uma performance do grupo teatral Apodío, que fez uma leitura dramáticas de algumas cartas escritas por Glauber, especialmente à sua mãe, Lúcia Rocha. Em seguida o cantor e compositor Gutemba apresentou poemas de Glauber que ele musicou, acompanhado por Andrea Sanches e Fabí Fulô, na percussão, Lucinho Ferraz, na guitarra e Luciano PP no baixo.

A programação prossegue até o dia 24 de março, sempre na Casa Memorial Governador Régis Pacheco, na Praça Tancredo Neves (ao lado da Catedral), com apresentações musicais, performances, leituras e exibição de documentários e dos filmes de Glauber. Na noite desta sexta-feira acontecem uma performance de Shirley Ferreira Pinto, apresentação musical Ronaldo Ros (violão clássico) e Capoeira Ceta, seguidos por Tereza Raquel, com Cultura Musical Orgânica.

Para este sábado, às 16h00, está prevista a exibição do filme Terra em Transe, acompanhado de debate sobre o filme e sua temática, e logo depois performance do grupo Trancos e Barrancos, reencenando Pátio, o primeiro filme de Glauber, um curta metragem experimental de 11 minutos de duração. Às 19h00 acontecerá uma palestra-debate com o tema Glauber Rocha e o Transe do Brasil, com a doutora em Comunicação e professora da UFRJ, Ivana Bentes, autora do livro Cartas ao Mundo: Teoria e Biografia na obra de Glauber Rocha, e a mediação do Doutor em Psicologia Social e professor de Cinema da Uesb, Eder Amaral.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: