Anúncios
Geral

Março chega a dez pessoas assassinadas em Vitória da Conquista, sendo quatro mulheres, uma de 14 anos.

O mês de março é considerado o mês da mulher, por causa do 8 de março, data internacionalmente dedicada a ela. Mas, este ano, justamente em março, as estatísticas da violência registram um número recorde de mulheres assassinadas em um mesmo mês: já foram quatro, incluindo uma menina de 14 anos, que teria sido morta por engano. Na verdade, segundo a imprensa local, por erro. Helen Gonçalves Ferreira, estava sentada na frente de casa quando um homem se aproximou pela lateral, vindo de um terreno baldio, atirou e fugiu correndo. O alvo não seria ela, mas uma pessoa que estava ao lado dela.

Helen é quarta mulher assassinada em março e a quinta este ano. No dia 15 de fevereiro, Côncia Maria Santos Silva, 58 anos, foi morta a tiros no Alto Maron, no dia 15 de fevereiro; no dia 2 de março, Márcia Silva Jardim, 40 anos, assassinada no bairro Brasil; No dia 4, no Henriqueta Prates. Maria dos Anjos Ferreira Santos, 22 anos e no mesmo dia, Larissa Ramos Oliveira, de 23 anos, tomou no bairro Vila Elisa.

MAIS DOIS

No final da semana, Vitória da Conquista registrou outros dois homicídios, elevando a quantidade para dez, nos 18 dias do mês de março. Duas horas depois da notícia do assassinato da adolescentes Helen Gonçalves, a polícia foi chamada ao bairro Vila América, onde George Pacheco Xavier, de 29 anos, foi assassinado a tiros. Na madrugada, Admilson Queiroz Lemos envolveu-se em um tiroteio no bairro São Vicente e acabou morrendo. Ele era apontado como um dos assassinos o metalúrgico Aldo Lúcio Brito da Silva, conhecido por Aldo Baixaria, em outubro de 2015. Uma segunda pessoa também foi baleada com Admilson e foi levada em estado grave ao Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), mas não foi divulgado seu estado de saúde atual.

Este já é o mês mais violento do ano. Em fevereiro foram cinco, em janeiro, seis, e até agora março já teve dez assassinatos. Não há uma explicação conhecida para este dado, mas março é um mês costumeiramente com muitas ocorrências de assassinatos. E desde 2014 a quantidade aumenta a cada ano. Mesmo assim, o mês ainda está na tendência de redução da violência vivenciada por Vitória da Conquista nos últimos nove meses. Considerando o mesmo período do ano passado (1º janeiro a 18 de março), a redução foi de 48,8%, com 21 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) ante 41 de 2018.

Ouvido pelo BLOG, o comandante do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPPSO), Coronel Ivanildo da Silva, afirmou a ação da Polícia Militar, por meio de suas companhias sediadas em Vitória da Conquista, tem se intensificado em toda a cidade, com ênfase nos locais de mancha criminal, e os resultados têm acontecido, tendo em vista a diminuição nos índices de CVLI não apenas nos primeiros meses deste ano, mas desde o início do semestre de 2018.

QUANTIDADE DE ASSASSINATOS OCORRIDOS EM CONQUISTA NO MÊS DE MARÇO

2014

2015 2016 2017 2018 2019
11 12 14 18 27

10*

* – Até as 16h00 do dia 18

 

Anúncios

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 56 anos de idade, 40 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

0 comentário em “Março chega a dez pessoas assassinadas em Vitória da Conquista, sendo quatro mulheres, uma de 14 anos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: