Anúncios

Boatos ameaçadores | Uesb lamenta que pessoas estejam disseminando pânico e diz que atividades seguem normais

Pais e estudantes ainda estão preocupados com boatos de que pessoas teriam ameaçado atacar instituições e alguns faltaram ou não deixaram seus filhos irem à escola ou à universidade nesta quinta-feira. O reitor da Universidade Estadual da Bahia (Uesb), Luiz Otávio de Magalhães emitiu uma nota esclarecendo a posição da universidade, assegurando o funcionamento da mesma. Segundo o reitor, a administração da Uesb está em contato constante com as autoridades policiais e monitorando as repercussões sobre os boatos de que poderiam ocorrer ações de violência no ambiente da universidade.

A nota diz que a ação dessas pessoas tem o objetivo de espalhar insegurança e pânico, tendo como alvos instituições essenciais para a vida pública. O reitor informa que providências estão sendo adotadas no sentido de que tais atividades se desenvolvam em ambiente de tranquilidade e segurança.

LEIA A NOTA DA UESB

A Administração Central da Uesb, em face de recente onda de boatos e supostas ameaças de uso de violência contra instituições educacionais públicas, disseminados sobretudo por meio de meios digitais e comunidades virtuais, esclarece à comunidade universitária e à sociedade em geral da região Sudoeste da Bahia, que suas atividades acadêmicas e administrativas estão mantidas e que providências estão sendo adotadas no sentido de que tais atividades se desenvolvam em ambiente de tranquilidade e segurança.

Os gestores da Universidade estão em contato constante com as autoridades responsáveis pela Segurança Pública na região, em relação de mútuo respeito e confiança, e em monitoramento constante sobre as repercussões de tais boatos e ameaças nos ambientes de convívio público nos municípios de Vitória da Conquista, Itapetinga e Jequié.

Esclarecemos que, nesta quinta-feira, dia 28 de março, os portões principais de acesso aos campi da Uesb estarão fechados até as 10h da manhã, em função de atividade sindical promovida pela categoria dos servidores técnicos e analistas universitários da instituição. Mas tal atividade não afetará o andamento das atividades acadêmicas, uma vez que está assegurado o acesso aos campi por seus portões secundários.

A Uesb lamenta a ação de indivíduos que parecem ter como objetivo a disseminação da sensação de insegurança e pânico entre a população e que adotam, como alvo preferencial, instituições essenciais para a vida pública como as universidades, locais reconhecidos de conhecimento, descobertas e liberdade.

Reitoria da Uesb, 28 de março de 2019


FOTO DESTAQUE: TRÊS CAMPI DA UESB, EM VITÓRIA DA CONQUISTA, JEQUIÉ E ITAPETINGA

Anúncios

Comente

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: