Conselho de Saúde reconhece avanços propagados por Herzem no setor, mas acha que dava para fazer mais

Em entrevistas concedidas à imprensa de Salvador, o prefeito Herzem Gusmão divulgou melhorias no setor de saúde em Vitória da Conquista como um dos pontos fortes de sua gestão. Herzem participou de vários programas de rádio e TV na capital, em um périplo de dois dias. No Balanço Geral Manhã, da TV Itapoan, e na atração homônima na rádio Sociedade, ambos apresentados pelo jornalista Raimundo Varela, o prefeito garantiu que aumentou a cobertura da Atenção Básica, implantou cinco novas equipes do Programa Saúde da Família (PSF) e reformou 20 postos de saúde.

Consultada pelo BLOG sobre as afirmações do prefeito, a professora doutora Monalisa Barros, psicóloga e docente do curso de Medicina da Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb), presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), disse que reconhece alguns avanços na saúde anunciados por Herzem, mas afirma que já poderia ter sido feito mais e que a adesão à Policlínica é uma ação que pode demonstrar que a administração estaria, de fato, em busca de dotar o município de um atendimento mais amplo e acessível na saúde.

Monalisa Barros acredita que alguns números podem estar além da realidade e explica que a defasagem na relação PSF x população se deu porque não houve aumento nas unidades enquanto a população não parou de crescer e que o aumento das unidades já estava previsto, inclusive com dinheiro em conta. Segundo a presidente do CMS é preciso esclarecer que contratar mais equipes de Saúde da Família não aumenta, por si só, a cobertura da população atendida. “Uma coisa é contratar mais uma equipe, no mesmo prédio que já existe e que já cobre uma determinada população, só que com um serviço muito cheio, aí você contrata mais uma equipe, mas isso não aumenta a cobertura, porque aquela população já estava sendo coberta de forma inadequada pela equipe existente. Não houve espaços novos, apenas mais equipes para dividir a cobertura que já era dada pelas equipes originais”, explicou Monalisa.

Ela  também tem uma explicação para a redução da demora na marcação de exames, que teria ocorrido graças à diminuição do absenteísmo e não exatamente por aumento da oferta ou da quantidade de profissionais. “As pessoas marcavam os exames e não compareciam, chegávamos a perder até 50 % dos exames. A Secretaria Municipal de Saúde pagava a um médico para atender 16 pacientes num turno e compareciam 8, no dia seguinte os oito perdidos não somavam na próxima agenda, assim, o perdido não se recupera. A SMS – mesmo com agendamento de 100% das vagas diárias – passou a incentivar quem tinha perdido a data de marcação do exame a ir ao CEMAE e tentar atendimento em vagas que surgissem”.

Ao conseguirem ser atendidas, mesmo sem estar na agenda do dia, a pessoa não precisaria remarcar e sua solicitação de exame e poderia sair da lista de espera, com redução na quantidade. “Continuamos a perder muitos exames marcados, quase 30%, mas melhorou”, avaliza Monalisa. Ela destaca que no início do governo Herzem eram 32 especialidades atendidas no CEMAE, hoje são 39. “Além da diminuição no absenteísmo, houve a contratação de novos laboratórios para os exames complementares e aumento de repasse de verba para a Fundação de Saúde. Assim, diminuiu a lista de espera por exames”. Foram realizados 39.260 atendimentos no Cemae em 2017 e 47.500 em 2018.

Ao analisar a cobertura do PSF, a presidente do CMS observa que ela ainda é pouca, perto de 50%, e que é preciso criar novas equipes. “Foram contratadas três novas equipes de saúde da família [Herzem falou em quatro], que atuam no distrito de Dantelândia e nos bairros Cidade Modelo e Jardim Valéria, mas não houve a construção nem inauguração de nenhuma nova unidade de saúde da família”, observa Monalisa Barros, complementando que a prefeitura já alugou imóveis nos dois bairros e estão sendo feitos os ajustes para funcionamento.

Por fim, a presidente do Conselho Municipal de Saúde lembrou que há uma verba no valor de R$ 408 mil oriunda de emenda ao Orçamento da União feita pelo deputado Jorge Solla (PT) para a construção de uma unidade de saúde no Vila América. O dinheiro já está em conta da Prefeitura desde março de 2017, e foi feito uma licitação por Regime Diferenciado de Contratação (RDC) para essa construção, mas ainda não foi feita. Monalisa diz que essa unidade é essencial para ampliação do acesso à saúde na cidade.

O QUE DISSE HERZEM

Trechos destacados das entrevistas concedidas pelo prefeito a jornalistas de Salvador, postados pelo próprio Herzem Gusmão em sua página de Facebook.

Ao Balanço Geral Manhã, TV Itapoan. Apresentador: Raimundo Varela

Estamos em Salvador para uma sequência de entrevistas em que vamos mostrar o quanto Conquista se desenvolveu nos últimos dois anos. A primeira entrevista do dia foi para o programa Balanço Geral comandado por Raimundo Varela, na Rede Record Bahia/ TV Itapoan. Lembrei a Varela que nossa cidade é reconhecida como a mais transparente do Nordeste e a quarta mais transparente do Brasil, segundo dados da Escala Brasil Transparente (EBT). Falei ainda sobre como Conquista é referência em combate a dengue: tivemos apenas 25 casos notificados e nenhum – repito, nenhum – caso confirmado em 2019. E muitas melhorias ainda vêm por aí: só neste ano, já temos 100 milhões programados para investir em nossa Jóia do Sertão Baiano. Será um ano de muitas bênçãos para todos nós.

Jornal da Bahia no Ar, Rádio Metrópole FM. Apresentador: Mário Kertész

Hoje tive o prazer de conversar com meu amigo do Rádio, Mário Kertész, para falar do importante trabalho que estamos realizando em Vitória da Conquista. Falei sobre as variadas vocações de nossa cidade: a prestação de serviços, o polo universitário e a Saúde. Lembrei que nossa gestão tem mantido as contas no azul e os salários estão em dia, concedendo, até, um 14º salário aos profissionais de escolas que bateram a meta do Ideb.

Este é um dos muitos passos que estamos tomando para fazer uma revolução na educação. Há pouco tempo, somente 6% dos nossos alunos conseguiam compreender o que tinha lido. Hoje, já são 23%, desde que implantamos a metodologia do Educar Pra Valer (Sobral). É um avanço extraordinário para nossas crianças e adolescentes da rede municipal.

Balanço Geral na Rádio Sociedade. Apresentador: Raimundo Varela

O compromisso da manhã desta quinta-feira foi na histórica Rádio Sociedade da Bahia. Nos microfones do programa do meu amigo Raimundo Varela destaquei nosso empenho em melhorar a Saúde de Vitória da Conquista, onde encontramos uma cobertura na Atenção Básica com pouco mais de 40%. De imediato, implantamos 4 novas Equipes de Saúde da Família – um investimento mensal de R$ 600 mil – e reformamos mais de 20 postos de saúde.

A fila na regulação de exames era outra vergonha: a espera chegava a 5 anos. Com muito esforço, reduzimos em 60% a espera, mas o objetivo é chegar a 90% dos exames agendados. Nesse sentido, a Policlínica Municipal tem um papel importante. Em dois anos, agendamos mais de 111 mil exames.

Se Liga Bocão, Rádio Sociedade. Apresentador: José Eduardo (Bocão)

O programa “Se Liga, Bocão”, da Rádio Itapoan, é um dos grandes líderes de audiência da Bahia. Tive o prazer de ser entrevistado por Zé Eduardo e equipe para falar sobre como Conquista tem se desenvolvido e se tornado referência em diversas áreas, como, por exemplo, no equilíbrio fiscal, financeiro, de transparência e, mais recentemente, no combate à dengue. No ano de 2016, até o mês de março já haviam sido confirmados mais de mil casos de dengue na cidade. Neste ano, não temos nenhum caso confirmado e apenas 25 casos notificados. Os dados comprovam: estamos nos empenhando de verdade para construir uma cidade melhor.

Programa Brasil Urgente, TV Bandeirantes. Apresentador: Uziel Bueno

Herzem não transcreveu nenhum trecho da entrevista a Uziel, optou por postar um vídeo. Colocou a culpa pela críticas que vem recebendo a petistas infelizes, principalmente por causa da eleição de Jair Bolsonaro. Atribuiu à má gestão da Emurc a dificuldade para começar as obras, que teriam ficado mais caras depois de anos sem ter sido realizadas. Veja o vídeo.

Comente