Prefeitura de Conquista apela para rima infame em “homenagem” ao aniversário de 470 anos de Salvador

Depois o prefeito Herzem Gusmão reclama, diz que é coisa de petista o tanto de crítica que recebe.

As redes sociais da prefeitura (e do próprio prefeito) têm o mal costume de cometer deslizes inexplicáveis, quando deveriam estar ajudando a construir uma boa imagem do governo e do prefeito. A Secom já usou personagens da série Chaves, sem autorização, em postagens engraçadinhas, já fez o mesmo com personagens de quadrinhos, expondo o erário a despesas com indenização por uso inapropriado de obra de terceiros.

Quando o ex-presidente Michel Temer (MDB) foi preso o deslize foi em nome do próprio prefeito, ao reproduzirem postagem de Twitter de uma militante carioca do PT com menções nada agradáveis sobre o ex-presidente, a quem Herzem defendeu até ontem e a quem considerava um líder. A postagem acabou apagada da página do Facebook do prefeito, mas está gravada em algum computador por aí.

Nesta sexta-feira (29), a assessoria de Herzem se esmerou para, em nome da prefeitura de Vitória da Conquista, “homenagear” Salvador pelo seu aniversário de 470 anos, nesta data. O banner postado apela para uma rima infame. Diz a frase de parabéns: “É vatapá, é caruru, ô Salvador, eu vou comer o seu bolo”. Qualquer soteropolitano sabe que a rima não é essa. Talvez até o leitor, sem querer, tenha feito a rima como originalmente, mentalizando ou dizendo um famoso monossílabo no lugar da palavra bolo.

Uma das coisas que Herzem Gusmão tem de pior no seu governo são as redes sociais. No Facebook e no Instagram, a secretaria de Comunicação, plagiando a prefeitura de Curitiba (PR), se refere a si mesma como “prefs”, como se estivesse nadando em popularidade, como se não tivesse que tratar com seriedade os diversos assuntos que a administração precisa divulgar. E nessa toada, o pessoal que escreve “prefs” para falar da administração de Herzem Gusmão passa madrugadas apagando comentários críticos e jocosos contra o governo. Prefere fazer de conta que está tudo bem do que se livrar de vez de receber respostas parecidas com a que usou para agradar Salvador e seu povo, só que sem o bolo.

Facebook da PMVC

FOTO DESTAQUE: INSTAGRAM DA PMVC

4 Replies to “Prefeitura de Conquista apela para rima infame em “homenagem” ao aniversário de 470 anos de Salvador”

    1. Eu sou independente. E não estou falando mal da prefeitura, mas de um setor que constrange a prefeitura. O banner não compra a minha liberdade de expressão, não me impede de criticar, como não me obriga a puxar o saco, como alguns. Se você tiver tempo, veja o histórico do blog e vai entender. Leia tudo e veja se há alguma ofensa ao administrador, uma mentira qualquer ou um ataque gratuito. Sua pergunta deve ser ou porque você não sabe qual o papel do jornalismo, ou porque não conhece o meu trabalho ou porque é mesmo apenas um maldoso que está no time dos que adoram agradar o prefeito.
      Mesmo assim, obrigado por prestar atenção.

  1. Esse banner foi criado e divulgado pela própria prefeitura de Salvador, nada tem haver com a prefeitura de Vitória da Conquista, que deve apenas ter replicado a imagem.
    Quer criticar o conteúdo?! Tudo bem, compreendo. Mas imputar responsabilidades a quem não tem pode ser considerado crime…

    1. Marcelo, a peça/banner está assinada pela prefeitura de Vitória da Conquista. Não vimos a da prefeitura de Salvador de que você fala. Ainda que exista, o mau gosto seria o mesmo. Acho que você não sabe o que diz quando fala que “imputar responsabilidades a quem não tem pode ser considerado crime”. Ninguém está imputando responsabilidade a ninguém: a peça está assinada. Veja direito. Se for o caso, é autoimputação. Se foi você quem teve essa ideia, o BLOG sente muito.

      Ah, “nada tem a ver” se escreve assim, sem o “h”.

Deixe uma resposta para Marcelo Cancelar resposta