Anúncios
Polícia Segurança Pública

Ameaças pela redes sociais | Polícia Militar da Bahia faz alerta sobre mensagens com o objetivo de causar pânico


Depois da tragédia na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), têm aumentado os casos em que pessoas espalham mensagens com supostas ameaças de ataques a locais públicos, escolas, faculdades, etc., causando temor na população. A péssima inspiração se espalha. Algumas dessas mensagens circularam em nosso estado, criando pânico.

Foi o caso do estudante de ensino médio, Wellingson de Oliveira, que ameaçou um atentado na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), de Itabuna. Preso, ele disse à polícia que as postagens no Facebook eram de brincadeira. Na esteira da postagem de Wellingson, espalhou-se em Vitória da Conquista na semana passada a notícia de que ataques também estariam sendo planejados contra uma faculdade local e outras instituições. Áudios no WhatsApp aumentaram o temor de pais, professores e alunos, depois demonstrado infundado. Mesmo assim, Uesb e Fainor tiveram que divulgar notas oficiais relatando providências tomadas. (Relembre aqui).

No início da semana foi a vez de Brumado. Adolescentes alunos de uma escola municipal trocaram mensagens em um grupo de WhatsApp combinando um ataque à estabelecimento e aos colegas (leia aqui). Foram identificados, os pais chamados para conversar e a polícia iniciou investigações para saber o que pode haver de real por trás das conversas, que os adolescentes, como tem ocorrido com todos os que são descobertos nessa prática condenável, disseram que era uma brincadeira, uma piada de 1º de abril.

Em um banner que fez circular na internet, a PM baiana diz chama a atenção para o cuidado com o que as pessoas leem e divulgam na internet. A polícia avisa que está monitorando conteúdos criados para amedrontar e causar pânico e informa que todas as unidades estão alertas para agir com o objetivo de garantir a segurança a população.

Anúncios

0 comentário em “Ameaças pela redes sociais | Polícia Militar da Bahia faz alerta sobre mensagens com o objetivo de causar pânico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: