Anúncios
Cidades Sociedade

Ficou 25 anos fechado | Povo protesta durante inauguração de aeroporto em Itabuna


Depois de ter fechado o aeroporto da cidade, em 1994, o prefeito Fernando Gomes estava em sua reinauguração nesta quarta-feira (8) e ouviu protesto de moradores que ocuparam, desde aquele tempo, áreas ao lado (e até em cima) da pista. São pouco mais de 20 famílias que, sob as vistas da Polícia Militar, gritavam “vai cair, vai cair”, segundo o blog Pimenta, enquanto um avião taxiava na pista e o prefeito, políticos, empresários e dirigentes do Aeroclube de Itabuna davam o aeródromo por reaberto. Os manifestantes se queixam do bloqueio de acesso às suas residências após a reabertura do aeroporto. Ainda de  acordo com o Pimenta, na segunda-feira (6), os moradores interditaram a BR-101 pedindo alternativas para chegar às suas casas.

A aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho está cadastrado na Agência Nacional de Aviação Civil como aeródromo privado, sob administração do aeroclube que, durante anos, travou uma batalha jurídica pela reintegração de posse (uma parte do equipamento pertencia ao clube e a outra à prefeitura, que não apenas permitiu ocupações nas proximidades, como usava a área e o edifício do terminal para funcionamento de repartições municipais). Em 2016, a volta do funcionamento do aeroporto foi promessa do então candidato a prefeito Fernando Gomes, justamente aquele que propiciou o fechamento do equipamento há cerca de 25 anos.

Segundo a Anac, a pista do aeródromo de Itabuna tem mil metros de extensão e poderá realizar  pousos e decolagens apenas durante o dia, de aeronaves com capacidade para até 30 passageiros. A validade da inscrição do Tertuliano Guedes de Pinho no cadastro de aeródromos da agência é de dez anos, segundo a portaria 1.206/SIA, datada de 17 de abril deste ano.

LEIA MATÉRIA COMPLETA SOBRE NO BLOG PIMENTA.


FOTO DESTAQUE: Hélio Bocão/Pimenta

Anúncios

0 comentário em “Ficou 25 anos fechado | Povo protesta durante inauguração de aeroporto em Itabuna

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: