Anúncios
Economia Política

Preço abusivo das passagens aéreas será tema de debate na Assembleia Legislativa

Banner GIF Câmara


900x100.Banner-MadeireiraSudoeste-Cancelas
Um assunto que deve estar na agenda dos conquistenses, às vésperas da abertura do novo aeroporto, vai estar em debate na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, na próxima segunda-feira (27), a partir das 9h30: o preço das passagens aéreas. Em Vitória da Conquista tem se difundido a informação (equivocada) de que vai ficar mais barato o bilhete para uma viagem de avião para Salvador ou São Paulo. Reforça o equívoco o tamanho dos aviões que poderão operar no Aeroporto Glauber Andrade Rocha (Boeing 737-700, Airbus A320 ou Embraer 195), que, por terem capacidade de transportar mais passageiros tornaria o preço da passagem menor, o que não tem base na realidade.

IMG-20190504-WA0110Para o presidente da ALBA, deputado Nelson Leal, é improrrogável debater os preços abusivos das passagens aéreas, além das dificuldades que os baianos enfrentam para se deslocar para diversos pontos do país, principalmente para as capitais do Nordeste. A situação ficou pior com a saída da Avianca.

Foram convidados os senadores Jaques Wagner, Otto Alencar e Angelo Coronel, a bancada federal de deputados baianos – entre eles, o deputado João Carlos Bacelar (PR), que está propondo uma CPI sobre o tema – todos os deputados estaduais, o secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, o diretor-presidente da ANAC, José Ricardo Queiroz; o superintendente do Procon/BA, Filipe Vieira; o presidente da Comissão de Proteção aos Direitos do Consumidor da OAB, Sérgio São Bernardo, a presidente da ABAV-BA, Ângela Carvalho; o presidente da FIEB, Ricardo Alban; o presidente da Fecomércio, Carlos Andrade; Julio Ribas, CEO do Aeroporto de Salvador (Vinci Airports ).

Também serão convidados os presidentes das principais companhias aéreas que operam na Bahia: o CEO da Gol, Paulo Kakinoff; da Latam, Jerome Cadier; da Azul, John Rodgerson; e Passaredo, José Luiz Felício Filho.

“Os preços cobrados para o transporte aéreo no Brasil, principalmente para quem mora nas regiões Norte e Nordeste, são abusivos. As queixas são generalizadas com relação a tudo: falta de rotas, desrespeito com os passageiros no cancelamento de voos, cobranças de serviços por tudo, até para marcar assentos. As companhias aéreas prometeram reduzir os preços das tarifas com a cobrança em separado de bagagem. Os preços não abaixaram e, ao contrário, subiram. Então, a sessão especial na ALBA foi convocada para debater esse assunto, que hoje é muito sério para a população baiana e para a economia do Estado, que depende muito do turismo”, argumenta Leal.

O presidente da ALBA lembra que o senador Jaques Wagner (PT) foi uma das primeiras vozes a questionar o assunto, inclusive tratando a questão, em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado Federal, com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. “Em todo o mundo há uma grande disputa pelo mercado aéreo. O que vemos no Brasil é um quase monopólio, com preços cartelizados. Para quem vem ou sai da Bahia, são preços similares – ou até superiores – aos de voos internacionais. Daqui para se viajar para um estado do Nordeste é uma verdadeira Odisseia. Além do mais, as aéreas cobram altas taxas para devolução do crédito quando existe a desistência da viagem. Isso é crime de apropriação indébita”, critica Leal.

Anúncios

2 comentários em “Preço abusivo das passagens aéreas será tema de debate na Assembleia Legislativa

  1. Essa reunião vai ser apenas para o aeroporto de Conquista ou toda a Bahia?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: