Anúncios
Política

Inauguração do aeroporto | Ato oficial será interno e restrito, mas Bolsonaro deve falar com populares em área externa

Provavelmente mesmo depois de entregue e funcionando o Aeroporto Glauber Rocha, que será inaugurado na terça-feira (23), em Vitória da Conquista, vai continuar rendendo polêmicas e debates. Desde a apresentação do projeto tem sempre um assunto para provocar discussões: o tempo que levou a obra, de onde vieram os recursos, o nome que deveria ter sido dado, os pais da ideia, os pais e mães da obra, a falta do viaduto, os riscos da rotatória, as datas de inauguração, a “inauguração informal” feita pelo governador Rui Costa na quinta-feira (18), antes do ato oficial com o presidente Jair Bolsonaro, e, mais recente, como será a solenidade e quem vai poder participar.

Um site da capital divulgou que a solenidade será restrita, sem participação popular. Segundo o Bahia Notícias, citando o Cerimonial da Presidência da República, apenas 300 convidados poderão estar no mesmo espaço em que estarão o presidente e o governador. A informação, como não poderia deixar de ser, despertou ira dos dois lados, dos que gostam e dos que não gostam do presidente Bolsonaro. Os que não gostam protestaram, encheram as redes sociais de indignação, considerando a decisão de realizar um ato restrito um desrespeito. Os que defendem Bolsonaro logo disseram que a informação de que apenas 300 participarão é fake news, uma mentira para criar animosidade contra o presidente.

Para esclarecer, o BLOG fez contatos com os três níveis de assessoria envolvidas com o evento, federal, estadual e municipal, e constatou que, outra definição, haverá mesmo um ato fechado, com as autoridades e poucos convidados, mas que Bolsonaro poderá se dirigir ao público que for ao novo aeroporto, em área separada, que ainda não foi divulgada qual.

A fonte de Brasília, que pediu para não ser identificada por se tratar de informação extraoficial, que precisa ser ratificada, disse que, de fato, a solenidade será para 300 convidados e que a população ficará em uma área separada, dentro da área do aeroporto, mas afastada do terminal, com possibilidade de o presidente da República comparecer ao local e fazer um pronunciamento para as pessoas presentes.

A assessoria do governo do Estado confirmou a informação recebida de Brasília de que o evento será restrito, apenas com convidados no ato oficial, que ocorrerá na parte interna do aeroporto. Das 300 pessoas, incluindo a imprensa credenciada, que poderão estar no mesmo local, o presidente Jair Bolsonaro fará a maior parte convites, cerca de 250, cabendo o restante ao governo do Estado.

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão disse que a inauguração será aberta ao público e que há uma possibilidade real de uma saudação do presidente ao público, na área externa do aeroporto. Para falar do assunto, Herzem indicou o secretário de Comunicação da Prefeitura de Vitória da Conquista, Matheus Novais, pessoa do governo municipal encarregado das tratativas com o Cerimonial da Presidência da República.

O secretário disse que não pode confirmar detalhes, mas que o indicativo é que a solenidade oficial de inauguração do aeroporto Glauber Rocha seja mesmo um ato interno e que a Presidência da República estuda a possibilidade de haver uma atividade para o público. Matheus disse que todos estes detalhes só serão confirmados amanhã. Como parte da organização no local depende do Município, o secretário de Comunicação diz que a prefeitura está pronta para atender todas as opções. “No entanto, depende da questão da segurança”, explicou.

Anúncios

0 comentário em “Inauguração do aeroporto | Ato oficial será interno e restrito, mas Bolsonaro deve falar com populares em área externa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: