Anúncios
Eleições Política

Conquista: Waldenor e José Raimundo são simpáticos à candidatura de Guilherme, diz presidente estadual do PT

No próximo domingo (8), o Partido dos Trabalhadores realizará sua eleição interna para escolher os dirigentes municipais em todo o país. Em Vitória da Conquista dois nomes concorrem à presidência, cada um ligado a um dos grupos políticos hegemônicos, liderados por Guilherme Menezes e pela dupla Waldenor Pereira/José Raimundo Fontes. A eleição é vista como uma espécie de prévia para a definição do candidato a prefeito do partido. Issac Bonfim, jovem liderança, 32 anos, representa o grupo de Waldenor e José Raimundo. O experiente líder rural Noeci Salgado, 69 anos, é ligado a Guilherme. A vitória de um ou de outro poderá apontar a tendência na escolha do adversário do prefeito Herzem Gusmão.

Mas, segundo o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, ou Vevéu, como é conhecido entre os companheiros de partido, Guilherme Menezes é praticamente um nome de consenso para tentar retomar o poder municipal, dominado pelos petistas por 20 anos, de 1997 a 2016. Pelo menos um jornalista disse ao BLOG ter ouvido de Vevéu que a eleição de Guilherme seria uma questão de honra para o PT.

Nesta terça-feira, os blogs Políticos do Sul da Bahia, de Itabuna, e Bahia.ba, de Salvador, publicaram matérias sobre a discussão do PT em torno do nome para a disputa de 2020. Com a manchete “Conquista: Guilherme Menezes vem forte para eleição de 2020”, o Políticos diz que “o ex-prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT), deverá ser o escolhido para ser o candidato do PT na sucessão municipal de 2020. O ex-prefeito teve quatro mandatos de prefeito e pode encerrar a carreira política na prefeitura”.

Já o Bahia.ba diz que a candidatura de Guilherme Menezes (PT) a prefeito de Vitória da Conquista, nas eleições de 2020, é quase uma unanimidade dentro do PT estadual e informa que, “apesar do desejo do deputado estadual Zé Raimundo (PT) de disputar novamente a prefeitura, o nome de Menezes é tido por correligionários como mais ‘agregador’”.

PRIORIDADE

O BLOG procurou os mencionados pelos blogs. Só conseguiu retorno de Everaldo Anunciação. E ele confirma que tem conversado na direção da escolha do nome de Guilherme e que, sim, o ex-prefeito por quatro mandatos pode ser o candidato de consenso. “Nós temos conversado, eu em particular, com Waldenor e José Raimundo, informalmente. Não há resistência ao nome de Guilherme como candidato. Nonô e José Raimundo estão defendendo a unidade e são simpáticos à candidatura do ex-prefeito”, disse o presidente estadual do PT. Everaldo explica que considera a possibilidade de ser outro o candidato, “se não for ele, que o nome que venha a ser, seja construído com entendimento”, mas reafirma que Guilherme é o mais cotado, seria o nome prioritário. “Mas, todos têm essa percepção de que a prioridade é ele, existe esse sentimento de construção e unidade”.

Everaldo avalia que o eleitor está sinalizando que quer um gestor com credibilidade, eficiência e capacidade política para oferecer estabilidade ao município. “Guilherme tem essa característica. Obviamente que José Raimundo fez uma boa gestão e os dois dirigiram o município sem nenhum arranhão na confiança, mas, vemos que a sociedade recoloca o nome de Guilherme como uma possibilidade, o que traz, para nós, naturalmente, da direção do PT uma disponibilidade para apostar nisso”.

O presidente do PT da Bahia ressalva que o próprio Guilherme não teria ainda se manifestado sobre mais uma candidatura e que ele tem que ser ouvido, mas afirma que “é uma honra para nós, do PT, termos Guilherme ainda militando, com disponibilidade para atuar na gestão. Eu acho que a maioria do povo também transmite esse sentimento. É isso que nos faz colocar essa situação com ele e discutir com as liderança locais, da Câmara de Vereadores, os deputados Waldenor e José Raimundo. Há uma disposição para uma pactuação política nesse sentido”.

O tempo de maturação da ideia, de acordo com Everaldo Anunciação, é a eleição interna. “Passado o PED, eu, que tenho gestão até dezembro, quero continuar conversando para que a nova direção do PT possa construir essa unidade interna e a gente possa oferecer a Vitória da Conquista, mais uma vez, a oportunidade de ter uma administração eficiente e com capacidade política para retomar a esperança no país, com uma administração local que ajude as pessoas a ter a sua perspectiva de cidadania devolvida”, finalizou.

ILHÉUS

Quem comentou as declarações de Everaldo foi Isaac Bonfim, ele mesmo um dos vice-presidentes atuais do PT na Bahia e candidato a dirigir o partido em Vitória da Conquista. Para Isaac, a discussão e decisão sobre a escolha do candidato no município será da nova diretoria a ser eleita domingo. E acentuou que o presidente estadual do PT é filiado em Ilhéus onde poderá contribuir com o debate. “O processo eleitoral de 2020, no PT, será conduzido pelas novas direções eleitas neste domingo e nas etapas do 7º Congresso Nacional, ou seja, caberá a estes novos dirigentes a condução do debate da tática eleitoral nos municípios e isso não será diferente em Vitória da Conquista. “Everaldo, assim como qualquer outro militante, pode ter sua predileção pessoal, mas não será o condutor do debate em Conquista, ele é filiado na cidade de Ilhéus e não tenho dúvidas que poderá contribuir com o debate naquele município”, afirmou o candidato a presidente do PT conquistense.

Issac destacou as qualidades dos diversos nomes surgidos no debate em Conquista, mas afastou qualquer tendência, neste momento, sobre a escolha de um, especificamente, mesmo que seja Guilherme Menezes. “O conjunto dos filiados e dirigentes do PT de Vitória da Conquista têm o privilégio de ter bons nomes para a disputa, como os companheiros Waldenor, Zé Raimundo e Guilherme, para ficarmos apenas naqueles que são mais lembrados, e nosso diretório tem maturidade suficiente para conduzir a discussão respeitando e ouvindo as principais lideranças e os filiados”.

“Tenho absoluta certeza de que a próxima direção do PT municipal, seja ela presidida e formada por quem for, saberá da responsabilidade que o partido tem com o seu projeto político e com a cidade de Vitória da Conquista”, destacou, descartando interferências externas no processo de discussão do nome que vai disputar a eleição de prefeito no dia 4 de outubro do ano que vem.

Anúncios

0 comentário em “Conquista: Waldenor e José Raimundo são simpáticos à candidatura de Guilherme, diz presidente estadual do PT

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: