Provas para avaliação do Ideb começam na Bahia. Em Conquista serão 65 escolas e quase cinco mil alunos


As escolas das redes estadual e municipais da capital e do interior iniciaram, nesta segunda-feira (21), a aplicação das avaliações de Língua Portuguesa e Matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que é fundamental para a definição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos estados e municípios. As provas são direcionadas a estudantes do Ensino Fundamental (5º ano e 9º ano) e do Ensino Médio (3º ano e 4ª série da Educação Profissional) e serão aplicadas até o dia 1º de novembro em todo o Brasil, no horário regular das aulas. Na Bahia, mais de 460 mil estudantes devem fazer as avaliações.

O secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, falou da importância da realização das avaliações. “As escolas das redes estadual, municipais e particulares estarão passando por este processo de avaliação e seu objetivo é justamente que o resultado ajude a União, o Estado e os municípios a orientarem suas políticas públicas voltadas para a Educação Básica brasileira”, salientou.

CONQUISTA

Em Vitória a Conquista as provas começam a partir desta terça-feira (22). Mais de 5 mil alunos da Rede Municipal de Ensino farão as provas em 45 escolas da zona urbana e 20 da zona rural.

A expectativa da Secretaria Municipal de Educação (Smed) é elevar para 6,0 a nota geral do 5º ano (séries iniciais) que saiu de um Ideb de 4,1, em 2015, para 4,7 (maior do que a média histórica do município). Sobre as séries finais a Smed não anunciou qual a projeção. Em 2017, o 9º ano ficou bem abaixo da meta de 4,1, estagnando em 3,6, o mesmo índice de 2015. Na avaliação anterior o índice foi 4.1.

Neste ano, em caráter amostral, o Saeb aplicará testes de Ciências da Natureza para alunos do 9º ano das escolas municipais Ridalva Correa de Melo, Mozart Tanajura e José Rodrigues do Prado. Além disso, a alfabetização das turmas de 2º ano das escolas municipais Conquista Criança, Gildásio Pereira Castro e Mozart Tanajura, também será avaliada enquanto amostra. Estas escolas foram definidas em sorteio feito pelo Ministério da Educação (MEC).

PREPARAÇÃO

Para elevar os índices educacionais na rede pública municipal de Vitória da Conquista a Prefeitura buscou a referência, em gestão educacional, da cidade de Sobral (Ceará). A partir daí, foi montado um plano de ação, que envolveu aulões e simulados com alunos, acompanhamento pedagógico nas escolas e formações continuadas.

Ainda, como forma de reconhecimento pelas práticas pedagógicas exitosas, o governo municipal instituiu o Avançar com Mérito, que premia os profissionais das escolas com os melhores resultados no Ideb.


FOTO: REPRODUÇÃO DA INTERNET. NÃO É VITÓRIA DA CONQUISTA

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente