Anúncios

Depois de queda no primeiro semestre, é positivo saldo de empregos com carteira assinada em Vitória da Conquista

A exemplo do que ocorre em todo o país, onde o número de desempregados passa de 13 milhões, segundo dados oficiais, em Vitória da Conquista também é alto o índice de desemprego. Apesar disso, o saldo de vagas com carteira assinada ainda é positivo. Isso graças ao números de agosto e setembro, que mudaram uma tendência de baixa que se registrou no final do primeiro semestre e em julho.

Junho foi um dos piores meses, tanto em número de contratações como no saldo. Foram admitidas 1.536 e dispensadas 1.676, com saldo negativo de 140 vagas. Em julho houve ligeira melhora. Mais gente foi admitida (1.730), embora o saldo tenha sido negativo de três empregos a menos, depois de 1.733 demissões.

Agosto e setembro deram uma resposta satisfatória. Agosto chegou a 2.046 carteiras assinadas, ante 1.945 desligamentos, saldo positivo de 101. Já setembro teve saldo de 308, na diferença entre 1780 contratações e 308 desligamentos. Graças a estes números, no cômputo de 12 meses, entre outubro do ano passado e setembro deste ano, o saldo foi de 361 vagas garantidas. No período foram admitidos 19.922 trabalhadores e demitidos 19.922.

SALDO DE EMPREGOS ÚLTIMOS MESES

MÊS ADMISSÕES DESLIGAMENTOS SALDO
SETEMBRO 1.780 1.472 308          
AGOSTO 2.046 1.945 101          
JULHO 1.730 1.733 -3
JUNHO 1.536 1.676 -140          

Quando é considerado o registrado nos primeiros nove meses do ano, o saldo é levemente superior, foram preservados 369 empregados, com 15.795 contratações e 15.426 dispensas. Os três primeiros meses do segundo semestre apresentaram uma melhora em relação ao primeiro semestre, que fechou com saldo negativo: 37 vagas perdidas. Entre janeiro e julho o saldo também foi negativo, com 40 empregos a menos.

COMPARATIVO DO SALDO DE EMPREGOS EM 9 MESES

PERÍODO ADMISSÕES DESLIGAMENTOS SALDO
JAN – SET/2019 15.795 15.426 369
JAN – AGO/2019 14.015 13.954 61
JAN – JUL/2019 11.969 12.009 -40

Em setembro apenas um setor extrativo mineral teve saldo negativo, com um emprego a menos. Esse setor é que menos emprega em Vitória da Conquista e, normalmente, não chega a 200 pessoas com carteira assinada. O que mais emprega é o de serviços, com cerca de 43% de todos os postos de trabalho formais no município. Em setembro, o setor gerou 641 empregos e perdeu 572, com saldo de 69. Menos que a indústria e o comércio. O mês passado as duas atividades tiveram saldo de 109 e 69 postos de trabalho, respectivamente. Em seguida, veio a construção civil, com 45 vagas preservadas. Agropecuária, com 7, administração pública, 4 e serviços industriais de utilidade pública, com 3, foram os demais responsáveis pelo bom momento.

Os números são positivos e indicam uma recuperação da capacidade da economia local gerar mais empregos. Entretanto, vale registrar que no cômputo de 12 meses, o número de demissões é crescente e o saldo, mesmo bom, teve queda. Se entre outubro de 2018 e setembro de 2019, o saldo foi de 361 vagas garantidas, é menor do que o verificado no cômputo dos 12 meses fechado em julho e em agosto, quando o saldo foi de 619 e 684, respectivamente.

No ranking dos 11 maiores municípios do estado, considerando o saldo entre contratações com carteira assinada e demissões, Vitória da Conquista ficou na oitava posição, logo abaixo de Salvador, que, embora seja a cidade com maior número de empregos do estado, no cômputo dos 12 meses teve um saldo de apenas 381 vagas. Foi a primeira vez, este ano, que a capital do estado saiu da primeira posição neste ranking. Já Vitória da Conquista caiu uma posição. Jequié, município da região Sudoeste, saiu de 5º para terceiro, com um saldo de 1.228 entre contratações e demissões.

Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), órgão do Ministério do Trabalho.

VEJA AS TABELAS

SALDO DE EMPREGOS POR SETOR – SETEMBRO

ATIVIDADE ADMISSÕES DESLIGAMENTOS SALDO EMPREGOS FORMAIS*
SERVIÇOS 641 572 69 25.635
INDÚSTRIA 327 218 109 10.472
COMÉRCIO 512 440 72 17.548
SERVIÇOS INDUSTRIAIS DE UTILIDADE PÚBLICA 6 3 3 495
ADM PÚBLICA 11 7 4 268
EXTRATIVA MINERAL   1 -1 180
AGROPECUÁRIA 45 38 7 1.507
CONSTRUÇÃO CIVIL 238 193 45 3.518
GERAL 1.780 1.472 308           59.623

SALDO DE EMPREGOS POR SETOR – DE JANEIRO A SETEMBRO

SETOR ADMISSÕES DEMISSÕES SALDO
SERVIÇOS 6.178 5.788 390
COMÉRCIO 4.405 4.589 -184
INDÚSTRIA 2.464 2.459 5
CONSTRUÇÃO CIVIL 2.172 2.017 155
AGROPECUÁRIA 419 440 -21
SERVIÇOS INDUSTRIAIS DE UTILIDADE PÚBLICA 79 60 19
ADM. PÚBLICA E AUTÁRQUICA 72 51 21
EXTRATIVA MINERAL 6 16 -22
GERAL 15.795 15.426

369

SALDO DE EMPREGOS POR SETOR – DE OUTUBRO A SETEMBRO (12 MESES)

SETOR

ADMISSÕES DEMISSÕES SALDO
SERVIÇOS 7.816 7.377 439
COMÉRCIO 5.904 5.904 0
INDÚSTRIA 3.212 3.084 128
CONSTRUÇÃO CIVIL 2.667 2.711 -44
AGROPECUÁRIA 479 675 -196
SERVIÇOS INDUSTRIAIS DE UTILIDADE PÚBLICA 99 69 30
ADM. PÚBLICA E AUTÁRQUICA 95 72 23
EXTRATIVA MINERAL 11 30 -19
GERAL 20.283 19.922 361

DESEMPENHO NA MANUTENÇÃO DOS EMPREGOS DE CARTEIRA ASSINADA EM 12 MESES – MAIORES MUNICÍPIOS

(RANKING POR SALDO)

  ADMISSÕES DESLIGAMENTOS SALDO
BARREIRAS 13.339 10.855 2.484
CAMAÇARI 25.774 23.429 2.345
JEQUIÉ 5.875 4.747 1.228
ILHÉUS 7.480 6.293 1.187
JUAZEIRO 16.432 15.635 797
PORTO SEGURO 12.706 12.161 545
SALVADOR 183.372 182.991 381
VITÓRIA DA CONQUISTA 20.283 19.922 361
FEIRA DE SANTANA 33.661 33.706 -45
LAURO DE FREITAS 37.183 37.467 -284
ITABUNA 7.793 8.421 -628
TEIXEIRA DE FREITAS 8.084 8.802 -718
Anúncios

Comente

%d blogueiros gostam disto: