Vitória da Conquista | Vereador Kirimbamba explica posição favorável a empréstimo de R$ 60 milhões

Um dos vereadores eleitos na oposição a Herzem Gusmão (MDB) que já decidiram votar a favor da autorização para que o prefeito tome dois novos empréstimos em nome do município na Caixa, o vereador Danilo Kiribamba (PCdoB) falou com o BLOG e explicou os motivos para a tomada de decisão, que, segundo ele, tem o respaldo da direção do partido, por meio do presidente, o deputado estadual Fabrício Falcão. A votação deve acontecer na sexta-feira (1º) e serão necessários 14 votos para aprovar os dois projetos, um no valor de R$ 10 milhões, para iluminação, e o outro de R$ 50 milhões, para obras de drenagem e pavimentação e reformas de equipamentos esportivos.

Kiribamba diz que a questão é complexa, porque envolve pensar politicamente diante de uma demanda da população. Ele optou por ficar ao lado da população. “Sou da bancada de oposição ao prefeito, mas não sou oposição a Conquista”, enfatizou, explicando que teve reunião no PCdoB e a direção liberou os vereadores a votarem a favor. “Tive reunião com o partido, com o presidente Fabrício Falcão, e chegamos ao entendimento de que não podemos impedir o desenvolvimento da cidade. Se tem condição de pegar o empréstimo e fazer esse investimento na cidade, a gente não pode ser contra isso”.

O vereador comentou que se fosse apenas pela vontade dele as áreas beneficiadas seriam aquelas onde ele mantém sua base, mas reconhece que outros bairros também têm necessidades e a Prefeitura tem condição de definir onde aplica os recursos, cabendo a ele e aos demais vereadores fiscalizar a correta aplicação do dinheiro e não deixar que haja uso eleitoral das obras. “Queria muito que o dinheiro fosse investido nos bairros Brasil, Santa Cruz, Bateias, Vila Serrana e Urbis V, por exemplo, não vai ser, mas vai ser em bairros que também precisam, como Nossa Senhora Aparecida e Bruno Bacelar, e isso é bom, independentemente de a gente ter base eleitoral lá ou não”, destacou.

“O que a gente tem que ficar atento – e essa é uma responsabilidade da Câmara de Vereadores – é, primeiro, se não vai comprometer o orçamento da Prefeitura, se tem como pagar. Para a Caixa, a Prefeitura está adimplente e tem como pagar o empréstimo, mas, depois, vai ter como manter? O segundo ponto é nossa obrigação de fiscalizar cada investimento que vai ser feito”, afirmou Kiribamba, dizendo-se a favor do empréstimo, desde que sejam respeitados “esse rito e esses pré-requisito de ser transparente, mostrando à Câmara e à população, consequentemente, onde será investido, quais ruas serão pavimentadas, para quais bairros irá a iluminação, qual o prazo de entregar na reforma do [estádio] Murilão”.

Danilo Kiribamba ressaltou que não se pode fazer oposição por ser oposição. Confirma sua posição contrária politicamente ao prefeito Herzem Gusmão e reafirma que sua atitude visa o interesse da população e não ajudar ou atrapalhar esse ou aquele político, mesmo que seja o prefeito. “A gente não pode ser contra, apesar de ser oposição ao prefeito e achar que em várias áreas ele está sendo um fracasso, como na área da saúde e da educação. O empréstimo é um investimento que vai ser feito na cidade”, concluiu.

 

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente