Primeiro edital do Consórcio Nordeste, presididdo por Rui Costa, gera economia de R$ 50 milhões



A primeira compra coletiva realizada pelo Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) vai gerar uma economia de quase R$ 50 milhões para a região. A informação foi divulgada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, após reunião com representantes dos nove estados nordestinos no Palácio do Campo das Princesas, em Recife, nesta quarta-feira (6).

A licitação conjunta para a compra de remédios envolveu a aquisição de 10 itens componentes especializados da assistência farmacêutica. O edital previa o investimento de R$ 133 milhões na aquisição dos medicamentos, mas a empresa vencedora do certame apresentou uma proposta final no valor de R$ 118 milhões. Os preços praticados pelos Estados antes do Consórcio Nordeste poderiam chegar aos R$ 166 milhões.

Os medicamentos são fórmulas restritas para uso exclusivo na rede pública e vão abastecer farmácias de hospitais, ambulatórios e postos de saúde, que atendem uma população de mais de 57 milhões de nordestinos.

Este foi o primeiro encontro do Consórcio após o desastre ambiental que atingiu o litoral nordestino, com o derramamento de óleo nas praias. Além desses temas, outras agendas de interesse comum foram tratadas, como a universalização do saneamento básico, a destinação de resíduos sólidos e ações de integração entre os integrantes do colegiado. Na reunião desta quarta também foi distribuída a Carta do Recife, relacionando os assuntos discutidos pelos governadores presentes.

Em suas redes sociais, o governador Rui Costa, que é o presidente do Consórcio comentou sobre a reunião. Ele está de licença e viajou ao exterior e o governador em exercício da Bahia, João Leão, participou do encontro. “Quando criamos o Consórcio Nordeste deixamos claro os nossos objetivos e agora estamos comprovando que está dando certo. Hoje, em Recife, apresentamos à imprensa o primeiro grande resultado: uma economia de mais de R$ 48 milhões na compra de medicamentos que irão atender mais de 57 milhões de nordestinos. Isso é fruto de um esforço conjunto para construir uma gestão eficiente, que traga benefícios para toda população da região”, disse o governador.

Estiveram presentes os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), João Leão (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Belivaldo Chagas (Sergipe), além do vice-governador Carlos Brandão (Maranhão).

João Leão (à direita) representou a Bahia. Na foto, a vice-governador de Pernambuco, Luciana Santos (PCdoB) e o governador Paulo Câmara (Crédito: Heudes Regis/GovernoPE)

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente