Novembro Azul | Câmara de Conquista teve sessão especial sobre prevenção do câncer de próstata


Com a participação de profissionais da área de saúde a Câmara Municipal realizou, na manhã desta quarta-feira (27) sessão especial solicitada pelo presidente da Casa, vereador Luciano Gomes (PL), para debater o câncer de próstata. Luciano ressaltou a importância da discussão do tema. “É preciso que a gente entenda que o homem precisa cuidar mais da saúde. O câncer de próstata, quando descoberto a tempo, tem tratamento, a eficácia é de quase 90%”, disse, lembrando que é papel do Legislativo debater temas importantes como esse.

Um dos participantes, o oncologista Fillipe Dantas Pinheiro abriu os debates ressaltando que o câncer de próstata é o mais comum nos homens e que os casos aumentaram pelo aumento no índice de consultas e diagnósticos aos pacientes. O médico afirmou que o tumor deve ser detectado o mais precoce possível e que a taxa de cura é bastante elevada. Também salientou que não fumar, diminuir a ingestão alcoólica, sedentarismo e dieta pobre em verduras e frutas contribuem para a doença.

O urologista Alisson Botelho parabenizou a Câmara pela sessão Novembro Azul e disse que “é desta Casa que devem partir projetos e emendas para a melhoria do atendimento na saúde pública”.  Médico da Secretaria Municipal de Saúde desde 2008, ele ressaltou o bom trabalho que o município vem realizando na conscientização e realização de exames e procedimentos realizados de forma precoce. “A cada ano lutamos contra o preconceito”, contou, lembrando que é preciso conscientizar o homem para que ele faça o exame. “Alguns nem é por preconceito, é falta de tempo. Nós enquanto homem temos que fazer a prevenção. Temos que nos preocupar com a gente mesmo”.

Já a fisioterapeuta pélvica e sexóloga Joana Lopes explicou que a fisioterapia pode atuar para evitar que possíveis consequências do tratamento do câncer de próstata, como a incontinência urinária e a impotência sexual diminuam a qualidade de vida das pessoas atingidas pela doença. “A fisioterapia pélvica ainda é pouco conhecida, principalmente pelo público masculino, e ela tem uma atuação importante no tratamento”, apontou.

Ela explicou que nem todos desenvolvem os problemas e esclareceu que o tratamento deve começar o quanto antes. “Nem todo paciente vai evoluir para a incontinência urinária, nem todo paciente vai evoluir para a disfunção erétil”, explicou ela. “Quanto mais cedo iniciado o tratamento, as consequências são menores”, emendou, ressaltando a necessidade de iniciar o tratamento desde o período pré-cirúrgico. “Não tem que haver receios, tem que haver vontade de viver. Se quiser qualidade de vida tem que se cuidar”, concluiu.

A enfermeira Helaine Cheles Nascimento representou a Secretaria Municipal de Saúde e disse que durante a campanha Novembro Azul o órgão amplia as ações educativas sobre a saúde do homem. Cheles explicou que se trabalha a saúde integral, com enfoque especial no câncer de próstata. Segundo ela, em todas as unidades de saúde são intensificadas ações educativas como palestras, atendimento em grupo, visitas de agentes de saúde e consultas, além da distribuição de cartilhas do Ministério da Saúde que abordam medidas de prevenção e a realização do Dia D do Homem, com a realização de várias atividades. Helaine falou que a Atenção Básica atua na prevenção e detecção precoce do câncer, o que gera um tratamento mais eficaz.

Estavam presentes na sessão, os vereadores Edivaldo Ferreira (MDB), Cícero Custódio (PSL), Dênis do Gás (PSC), Jorge Bezerra (Solidariedade), Valdemir Dias (PT), Coriolano Moraes (PT), Nildma Ribeiro (PCdoB), Luís Carlos Dudé (PTB), Viviane Sampaio (PT), Rodrigo Moreira (PP) e Edjaime Rosa Bibia (MDB).


COM TEXTO E FOTO DA ASCOM/CMVC

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente