Política conquistense | Guilherme se muda para Salvador e grupo retira nome dele da disputa


O ex-prefeito Guilherme Menezes deve assumir um cargo de direção na Secretaria de Educação do Estado da Bahia esta semana e já se mudou para Salvador. E nesta terça-feira (10), cinco pessoas do grupo que apresentou seu nome para ser avaliado internamente pelo Partido dos Trabalhadores entregaram uma carta em que retiram o nome do ex-prefeito da disputa. Com a saída de Guilherme, fica entre os deputados Waldenor Pereira e José Raimundo Fontes a decisão do PT de quem será o candidato para enfrentar Herzem Gusmão e tentar levar o partido de volta ao comando da Prefeitura.

De acordo com informações extraoficiais, apesar das declarações dadas por membros do partido e até por José Raimundo, de que o PT tem muitas opções e que o candidato a prefeito do partido pode ser qualquer uma essas opções, o diretório deve seguir o rito implantado ainda na gestão do ex-presidente Rudival Maturano que estabeleceu o dia 8 de novembro como prazo para que os nomes fossem apresentados. Até aquela data só Guilherme, Waldenor e José Raimundo foram inscritos por seus respectivos grupos. Com a retirada de Guilherme, o PT escolherá entre os dois deputados, a não ser que eles também desistam, hipótese em que um novo prazo para apresentação de nomes seria aberto.

O presidente do diretório recém-empossado, Isaac Bonfim, disse que o Partido dos Trabalhadores não quer agir no afogadilho, pressionado por prazos, mas ele sabe que há uma expectativa da sociedade e o indicativo é de que antes do Natal o nome do partido deve ser anunciado. E seja quem for dos dois, Waldenor ou José Raimundo, ou mesmo uma opção que apareça a partir da saída de Guilherme, há a confiança dentro do partido de que o PT estará unido, incluindo o forte apoio do ex-prefeito, que foi eleito quatro vezes e é considerado um dos líderes políticos mais importantes da história de Vitória da Conquista.

Entre José Raimundo e Waldenor está o candidato do PT cuja foto vai aparecer na urna no dia 4 de outubro do ano que vem. O primeiro é deputado estadual pela terceira vez, já foi prefeito duas vezes entre 2002 e 2004 e 2005 e 2008. Antes foi vice-prefeito eleito junto com Guilherme, tendo sido candidato ao mesmo cargo em 1992 e 1982. Waldenor está no terceiro mandato de deputado federal, foi deputado estadual duas vezes e reitor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), também por duas vezes. José Raimundo e Waldenor foram os mais votados em Vitória da Conquista em 2018. Para estadual o primeiro teve 35.855 votos e o outro teve 33.881 para federal. Em 2014, as posições eram invertidas, Waldenor teve mais votos: 31.083. José Raimundo ficou com 29.385 naquela eleição.

Author: Giorlando Lima

Jacobinense, conquistense, itabunense, baiano, brasileiro. Pai de Giorlando e Alice, minhas razões de viver; profunda e eternamente apaixonado pela vida. 58 anos de idade, 42 de labuta como jornalista, publicitário, marqueteiro, blogueiro. Minha ideologia é o respeito, minha religião é o amor.

Comente